Enviado da ONU ao Iêmen acolhe oferta de paz dos Houthis

O enviado das Nações Unidas para o Iêmen recebeu uma oferta dos rebeldes houthis do país para interromper todos os ataques à Arábia Saudita, dizendo que isso poderia acabar com anos de sangrentos conflitos.

A implementação da iniciativa pelos houthis “de boa fé poderia enviar uma mensagem poderosa da vontade de acabar com a guerra”, disse o enviado especial do Iêmen Martin Griffiths.

Os houthis apoiados pelo Irã, que controlam a capital Sanaa e outras partes do Iêmen, lutam contra uma coalizão liderada pela Arábia Saudita que apóia o governo internacionalmente reconhecido do país em uma devastadora guerra de cinco anos.

Griffiths saudou “o desejo de uma solução política para acabar com o conflito” em uma declaração emitida pela sede da ONU em Nova York.

Na sexta-feira, os houthis propuseram interromper os ataques à Arábia Saudita como parte de uma iniciativa de paz.

A Arábia Saudita deu uma resposta cautelosa, com o ministro de Estado dos Negócios Estrangeiros, Adel al-Jubeir, dizendo no sábado: “Julgamos outras partes por suas ações, ações e não por suas palavras; portanto, veremos se elas realmente fazem isso ou não. não.”

Griffiths enfatizou “a importância de aproveitar esta oportunidade e avançar com todas as medidas necessárias para reduzir a violência, escalada militar e retórica inútil”.

O anúncio dos Houthis ocorre depois de uma onda de ataques de drones nas instalações de petróleo sauditas, que derrubaram metade da produção da Arábia Saudita e enviaram ondas de choque aos mercados de energia.

Os ataques foram reivindicados por Houthis, mas os EUA dizem que concluíram que os ataques envolveram mísseis de cruzeiro do Irã.

O conflito no Iêmen matou dezenas de milhares de pessoas – a maioria civis – e levou milhões a mais à beira da fome no que as Nações Unidas chamam de pior crise humanitária do mundo.

Fonte: Guardian

In this article

Join the Conversation

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.