Empresas da China cortam compras de minério de ferro no Irã antes de aumento de tarifas

A China recebeu menos remessas de minério de ferro do Irã em agosto e setembro, segundo dados do Refinitiv Eikon, já que tarifas adicionais de exportação a serem impostas por Teerã reduziram o interesse na maior siderúrgica do mundo.

O vice-ministro das Indústrias do Irã disse no início deste mês que as exportações de todas as matérias-primas siderúrgicas receberão uma tarifa de 25% para atender à demanda da indústria siderúrgica nacional, de acordo com a mídia estatal iraniana Press TV em 9 de setembro.

As tarifas, que abrangerão vários produtos das usinas de ferro do Irã, incluindo minério de ferro e concentrados, entrarão em vigor a partir de 23 de setembro, informou a Press TV.

O Irã embarcou 319.920 toneladas de minério de ferro para a China em agosto, uma queda de 37,8% em relação a julho e 23,4% a menos que no ano anterior, segundo cálculos da Reuters baseados em rastreamento de embarcações e dados portuários compilados pela Refinitiv.

Em setembro até agora, a China retirou 129.534 toneladas de minério de ferro do Irã, de acordo com os mesmos cálculos e dados.

“Poucos comerciantes compram minério de ferro do Irã por causa das sanções dos EUA”, disse Zhao Yu, analista da Huatai Futures, acrescentando que os custos de frete também são altos.

Dois traders chineses disseram à Reuters que só poderiam usar dinheiro e transferência telegráfica como método de pagamento, já que era “sensível demais” passar por bancos para transações com o Irã.

“A principal vantagem do minério do Irã é o baixo custo”, disse um trader que compra de 2 a 3 milhões de toneladas de minério de ferro do Irã por ano.

O Irã enviou um total de 17 milhões de toneladas de minério de ferro para os mercados externos no ano fiscal encerrado em 20 de março de 2019, de acordo com dados da Organização Iraniana de Desenvolvimento e Renovação de Minas e Mineração.

A China, o maior mercado de minério de ferro do mundo, consome cerca de 90% das exportações do material pelo Irã. A China comprou 14,7 milhões de toneladas de minério de ferro do Irã em 2018, representando 1,4% de suas importações totais.

“A aplicação dessas tarifas de exportação a partir deste mês é muito cedo”, disse Keyvan Jafari Tehrani, analista independente da indústria de ferro e aço.

“Duvido que as quantidades (Irã) usadas para vender para a China possam ser absorvidas totalmente pelo mercado local no início”.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.