“Vamos ver o que acontece”, diz Trump sobre possível flexibilização das sanções ao Irã

O presidente dos EUA, Donald Trump, deixou em aberto na quarta-feira a possibilidade de os Estados Unidos facilitarem as sanções contra o Irã, acrescentando que ele acredita que o Irã quer fazer um acordo com Washington em seu programa nuclear.

“Vamos ver o que acontece”, disse Trump a repórteres na Casa Branca quando perguntado sobre a possibilidade de os Estados Unidos facilitarem sua campanha de “pressão máxima”.

A demissão de Trump de seu assessor de segurança nacional, John Bolton, na terça-feira provocou especulações de que a política de Washington contra adversários como o Irã poderia diminuir.

Separadamente, o presidente iraniano Hassan Rouhani disse que Teerã não negociaria com Washington enquanto as sanções contra seu país ainda fossem aplicadas por Washington.

Trump disse na quarta-feira que seria “muito, muito perigoso” para o Irã enriquecer urânio, um passo fundamental no desenvolvimento de uma arma nuclear, e também disse: “Eu acredito que eles gostariam de fazer um acordo”.

“Se o fizerem, isso é ótimo. Se não, isso também é ótimo “, disse ele. “Eles têm uma tremenda dificuldade financeira e as sanções estão ficando cada vez mais difíceis.”

Trump e o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disseram que o presidente está aberto a se reunir com Rouhani, possivelmente na reunião da Assembléia Geral das Nações Unidas no final deste mês.

Fonte: Reuters

In this article

Join the Conversation

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.