Mais de 60% dos estudantes do ensino médio usam smartphones por mais de 3 horas nos feriados

Mais de 60% dos estudantes do segundo ano do ensino médio no Japão usam telefones celulares, como smartphones, por três horas ou mais em um feriado, mostrou uma pesquisa do governo na sexta-feira.

A pesquisa de longo prazo dos ministérios da educação e saúde abrange crianças nascidas em janeiro ou julho de 2001. A pesquisa mais recente foi a 17ª e coletou respostas de 24.886 dos 30.780 estudantes atendidos, verificando as situações a partir de 2018, quando tinham 17 anos.

Na pesquisa, 65,4% dos estudantes disseram usar telefones celulares por três horas ou mais em férias, sendo 19,9% o maior grupo usando esses dispositivos por três a quatro horas e 19,0% ocupando-os por seis horas ou mais.

A pesquisa constatou que os estudantes que passam mais horas em telefones celulares tendem a não estudar em casa ou em cursinhos. Entre os estudantes que usam celular por seis horas ou mais, a proporção de pessoas que não estudam fora de suas escolas secundárias é de 55,3%.

Ainda assim, uma autoridade do ministério da educação disse que o uso de telefones celulares por longas horas não é necessariamente ruim, observando que eles podem ser usados ​​não apenas para assistir a vídeos ou mídias sociais, mas também para estudar ou coletar informações sobre instituições de ensino superior.

A proporção de estudantes masculinos e femininos que se sentem inseguros sobre seus futuros cursos ficou em 37,4% e 53,0%, respectivamente, ambos atingindo os níveis mais altos desde o início da pesquisa.

Fonte: Jiji Press

In this article

Join the Conversation

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.