Monte Fuji abre suas rotas para a temporada de escalada

O Monte Fuji ficou totalmente aberto aos visitantes na quarta-feira, quando as três rotas de escalada restantes foram abertas, abrangendo a prefeitura e Yamanashi.

Juntamente com a rota no lado da Prefeitura de Yamanashi, aberta desde 1º de julho, os caminhos no pico mais alto do Japão estarão acessíveis aos visitantes até o dia 10 de setembro, de acordo com as duas prefeituras.

A rota Subashiri de Shizuoka havia sido bloqueada devido a um desmoronamento de pedras perto do topo da montanha vulcânica de 3.776 metros, mas o trabalho de reparo de emergência facilitou sua abertura no mesmo dia que as outras duas rotas.

A partir deste ano, as duas prefeituras estão pedindo a todos os alpinistas que percorram mais de metade do Monte Fuji para pagar 1.000 ienes para ajudar a proteger a montanha, designada patrimônio cultural mundial da UNESCO em 2013. Anteriormente, apenas aqueles que buscavam o topo eram convidados para doar.

Cerca de metade dos visitantes efetuaram o pagamento nos anos anteriores. As prefeituras disseram que agora pretendem aumentar a taxa de coleta para cerca de 70 por cento, buscando doações de todos os caminhantes, independentemente de eles pretendem chegar à cúpula ou não.

Em 2017, cerca de 285 mil pessoas subiram para o topo e para áreas ligeiramente abaixo, segundo o Ministério do Meio Ambiente.

Fonte: Kyodo