Nícolas Maduro disposto a “negociar” com a oposição

O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, disse nesta terça-feira que está comprometido em conversar com a oposição para resolver uma crise política, horas após o líder da oposição Juan Guaido dizer que “nunca” será um bom momento para negociar com uma “ditadura”.

Guaido e Maduro enviaram representantes a Oslo em maio para discussões que o governo da Noruega encorajou, mas não conseguiram chegar a nenhum acordo. No sábado, pessoas familiarizadas com as negociações disseram à Reuters que as negociações recomeçariam esta semana.

Mas Guaido disse na terça-feira que “não houve declaração oficial de que participaríamos de uma nova rodada” de diálogo.

“Nunca será um bom momento para mediar … seqüestradores, violadores de direitos humanos e uma ditadura”, disse Guaido a repórteres na Assembléia Legislativa da oposição, que ele lidera.

Poucos detalhes foram divulgados sobre as negociações em Oslo entre os representantes de Maduro e Guaido, que invocaram a Constituição da Venezuela para assumir uma presidência rival em janeiro, denunciando a reeleição de Maduro em 2018 como ilegítima.

Os comentários de Guaido foram feitos quando a oposição expressou indignação com a morte na semana passada do capitão da marinha venezuelana, Rafael Acosta, sob custódia militar. A esposa do capitão e grupos de direitos humanos acusam o governo de Maduro de torturar Acosta e se recusam a esclarecer as circunstâncias de sua morte.

O promotor-chefe da Venezuela acusou na segunda-feira duas autoridades de inteligência de homicídio em conexão com a morte de Acosta, sem explicar como ele foi morto.

Em um discurso na televisão estatal terça-feira à noite, Maduro não fez referência à morte de Acosta, mas disse que seu governo estava “comprometido … com o diálogo na Noruega” e que as conversações visavam criar “uma mesa permanente para diálogo e soluções”.

Fonte: Reuters

In this article

Join the Conversation

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.