Resultados do MFN 2 confirmam o início de uma nova era no MMA indiano

O futuro do MMA indiano nunca pareceu tão promissor, e o Matrix Fight Night 2 que aconteceu no Siri Fort Auditorium, em Nova Delhi, na Índia, durante o final de semana passado, foi um marco nesse sentido.
Após o surpreendente sucesso do Matrix Fight Night 1 em Mumbai, em março, o MFN 2 certamente se tornou o maior evento de MMA da história do esporte das artes marciais mistas naquele país.

Foi uma noite de grandes surpresas e que contou com uma série de lutas emocionantes.
O evento teve de tudo : lutas polêmicas, destacados nocautes, reviravoltas, lutas decididas por decisões dos juízes e um empolgante ‘main-event’
( evento principal ) que sedimentou o ‘status’ de Srikant Sekhar como “o melhor lutador de MMA da Índia”.

O show foi marcado ainda pela presença dos proprietários da franquia, Tiger e Krishna Shroff, juntamente com toda a família Shroff.

O ‘card’ foi encabeçado pelo veterano e “bad boy” do MMA indiano, Jason Solomon, que enfrentou Srikant “Captain Crazy” Sekhar. Sekhar desafiou Solomon no MFN 1 em março, depois de lutar com Rajendra Singh Meena. Desta vez, Sekhar não perdeu tempo e garantiu a vitória com uma finalização ( chave Kimura ) ainda no primeiro round.

O restante do ‘card’ apresentou muitas reviravoltas nas lutas profissionais. Alguns desempenhos notáveis incluíram uma vitória de Clinton D’Cruz sobre Kapil Kumar com uma finalização.

Anshul Jubli derrotou Sanjeet Budhwar por decisão unânime dos juízes e este também ganhou o prêmio de ‘fighter of the night’.

O evento também contou com uma revanche, desta vez em nível profissional entre Ishika Thite e Aarti Rajput. Rajput passou por Thite por decisão dos juízes.

O MFN 2 contou ainda com outra revanche entre Angad Bisht e Dhruv Chaudhary. Bisht foi capaz de vingar sua derrota anterior, desta feita derrotando Chaudhary por decisão dos juízes.

O Matrix Fight Night 2 também oportunizou uma exposição aos lutadores amadores. Assim sendo, cinco lutas de amadores foram realizadas na noite.

Mukesh Gora teve um desempenho notável ao conseguir uma vitória sobre o especialista em Karate, Seth Rosario, graças à um nocaute em apenas 14 segundos.

O ‘card’ também trouxe a trilogia entre Prakram Dandona e Sandeep Yadav. Assim como nas duas últimas vezes em que lutaram, este combate também foi definido de forma rápida, quando Dandona desferiu uma joelhada voadora em Yadav ainda no primeiro round.

Os resultados do Matrix Fight Night 2 incluem :

Matrix Fight Night 2
29 de Junho de 2019
Siri Fort Auditorium
Nova Delhi, Índia

Lutas Profissionais:
Srikant Sekhar venceu Jason Ramesh Solomon por finalização ( Kimura ) na primeira rodada.
Clinton D’Cruz venceu Kapil Kumar por finalização ( mata-leão ) no primeiro round.
Aarti Rajput venceu. Ishika Thite por decisão.
Anshul Jubli venceu Sanjeet Budhwar por decisão.
Angad Bisht venceu Dhruv Chaudhary por decisão.

Lutas Amadoras:
Prakram Dandona venceu Sandeep Yadav por KO ( joelhada voadora ) no primeiro round.
Siddharth Singh Dhami venceu Parmesh Manni por decisão.
Mukesh Gora venceu Seth Rosario por KO no primeiro round.
Kapil Kumar venceu Suraj Jha por decisão.
Abhimanyu Rai venceu Ehtesham Ansari por decisão.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 03/07/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.