Papa vai canonizar o católico britânico John Henry Newman

O cardeal John Henry Newman, uma das figuras cristãs mais influentes e controversas do século 19 e um líder anglicano antes de se converter ao catolicismo, será santificado, disse o Vaticano na segunda-feira.

A canonização acontecerá no Vaticano em 13 de outubro, afirmou em um comunicado, depois que o Papa Francisco decretou o reconhecimento de um milagre de cura atribuído à intercessão de Newman.

“O cardeal Newman teve um grande impacto na teologia católica e na educação em todo o mundo, fazendo dele um britânico verdadeiramente global”, disse Sally Axworthy, a embaixadora britânica no Vaticano.

“Ele trouxe sua experiência da Igreja Anglicana para seu trabalho como católico, unindo as duas tradições”, acrescentou ela em comunicado.

Em 1833, oito anos depois de ter sido ordenado sacerdote anglicano, Newman ajudou a lançar o Movimento Oxford que pretendia devolver a Igreja da Inglaterra, que se separou de Roma em 1534, aos ensinamentos e rituais do cristianismo primitivo.

Ele foi o principal promotor do movimento e tornou-se cada vez mais crítico de certos ensinamentos anglicanos.

Newman retratou suas críticas anteriores ao catolicismo e, em 1845, ele se converteu e começou a defender os ensinamentos católicos.

Foi ordenado sacerdote católico em Roma em 1847 e em 1851 tornou-se reitor da nova Universidade Católica da Irlanda em Dublin.

Sua autobiografia, Apologia Pro Vita Sua, escrita em 1864 para explicar a evolução de seu pensamento religioso, ainda é impressa e amplamente lida hoje.

A poesia, os hinos e a teologia de Newman tiveram uma grande influência na espiritualidade cristã moderna.

Newman aceitou a doutrina da infalibilidade papal que havia sido declarada pelo Concílio Vaticano de 1869-1870, embora ele já tivesse argumentado contra ela.

Ele foi elevado ao posto de cardeal em 1879 e morreu em 1890 de pneumonia em Birmingham. O ex-papa Bento 16 beatificou Newman durante sua visita a Birmingham em 2010.

Um milagre foi atribuído a Newman antes da beatificação. Um segundo milagre foi aprovado no início deste ano.

A Igreja ensina que somente Deus realiza milagres, mas que os santos que se acredita estarem com Deus no céu intercedem em nome das pessoas que oram a eles. Um milagre é geralmente a cura medicamente inexplicável de uma pessoa.

O segundo milagre, necessário para a canonização de Newman, envolveu uma mulher nos Estados Unidos que a Igreja disse que superou uma doença com risco de vida durante a gravidez depois de orar a ele.

Fonte: Reuters

In this article

Join the Conversation

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.