Investigação sobre acidente na barragem de Vale aponta 14 acusações

Uma investigação do Senado brasileiro sobre o colapso de uma barragem da Vale que matou cerca de 250 pessoas vai recomendar acusações de 14 pessoas, incluindo executivos da Vale, segundo o serviço oficial de notícias do Brasil, Agencia Brasil, na segunda-feira.

Os resultados do inquérito, que levou 120 dias e 18 audiências públicas, devem ser apresentados na terça-feira, segundo o relatório. Os senadores votarão se aprovarão as recomendações, provavelmente em uma semana, disse.

O relatório da Agencia Brasil não identificou as pessoas que podem ser indiciadas.

A Vale disse na segunda-feira que vai aguardar a divulgação oficial dos resultados antes de qualquer comentário.

O desastre de janeiro, quando uma barragem desabou no município de Brumadinho, no estado de Minas Gerais, provocou a substituição do CEO da Vale e uma revisão de seu conselho. Isso forçou a empresa a separar bilhões em custos de compensação e limpeza.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.