Trump: imigrantes ilegais em breve serão removidos

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse na segunda-feira que as autoridades dos EUA começarão na próxima semana a remover milhões de imigrantes que estão nos Estados Unidos ilegalmente.

“Na próxima semana, a ICE começará o processo de remover os milhões de imigrantes ilegais que entraram ilicitamente nos Estados Unidos”, twittou Trump, referindo-se à agência de Imigração e Alfândega. “Eles serão removidos o mais rápido que entrarem”, disse ele. Ele não ofereceu detalhes.

Há uma estimativa de 12 milhões de imigrantes que estão nos Estados Unidos ilegalmente, principalmente do México e da América Central.

Segundo um acordo fechado no início deste mês, o México concordou em levar imigrantes da América Central em busca de asilo nos Estados Unidos até que seus casos sejam ouvidos nos tribunais dos EUA.

O acordo, que incluía o compromisso do México de mobilizar tropas da Guarda Nacional para impedir que imigrantes da América Central alcancem a fronteira dos EUA, evitou a ameaça de Trump de atingir as importações mexicanas com tarifas.

Trump também disse no tweet que a Guatemala “está se preparando para assinar um Acordo de Terceiro Seguro”.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, sugeriu na semana passada que a Guatemala poderia receber requerentes de asilo de seus vizinhos como o chamado terceiro país seguro.

Detalhes do plano não foram divulgados, e a Guatemala não confirmou publicamente as conversas que o Departamento de Estado dos EUA disse estar ocorrendo na Guatemala na sexta-feira.

O grupo de direitos humanos Human Rights First disse, no entanto, que era “simplesmente ridículo” que os Estados Unidos afirmassem que a Guatemala era capaz de proteger os refugiados, quando seus próprios cidadãos estão fugindo da violência.

O México concordou que, se suas medidas para conter o fluxo de migrantes não forem bem-sucedidas, ele discutirá a assinatura de um acordo de país terceiro seguro com os Estados Unidos.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.