Papa deve visitar Hiroshima e Nagasaki no final de novembro

O papa Francisco viajará a Hiroshima e Nagasaki em novembro, na que será a primeira visita papal ao Japão em 38 anos, segundo o governo e outras fontes.

Além de visitar as duas cidades destruídas pelo bombardeio atômico em 1945, Francisco, de 82 anos, deve se encontrar com o imperador Naruhito, que subiu no trono de Crisântemo em maio, além do primeiro-ministro Shinzo Abe.

Ele vai realizar missa no estádio Tokyo Dome, na capital, durante sua estadia de quatro dias, disseram as fontes.

O papa também está considerando se reunir com pessoas que retiraram suas casas após o desastre nuclear de Fukushima em 2011 e um grupo de defesa que pede a abolição da pena de morte.

Francis, que assumiu o papado em 2013, deve visitar de 23 de novembro a 26 de novembro, disseram as fontes. O último pontífice a visitar o Japão foi João Paulo II em 1981.

Como chefe espiritual de 1,2 bilhão de católicos, o papa é um fervoroso defensor de um mundo sem armas nucleares e da abolição da pena de morte.

Sobre a última questão, a Igreja Católica Romana formalmente mudou seu ensino no ano passado para declarar inadmissível qualquer que seja a circunstância após o Vaticano ter fechado os olhos para a pena de morte em casos extremos.

A recente mudança reflete a veemente oposição de Francisco à pena de morte.

Ele pode levantar a questão durante sua estada no Japão, onde a execução por enforcamento ainda é realizada.

Francisco é o primeiro papa jesuíta e o primeiro da América do Sul. Nascido em Buenos Aires, ele nutria um forte desejo, quando jovem, de visitar o Japão como missionário para homenagear 26 jesuítas que foram martirizados por sua fé em Nagasaki durante a perseguição dos cristãos pelas autoridades japonesas no final do século XVI.

Fonte: Asahi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.