O gigante sul-coreano Hong-Man Choi antes de uma das suas lutas no K-1, o maior evento de ‘trocação’ do planeta. ( Cortesia | Créditos : K-1 Japan Group ).

“Davi” vence ‘Techno Golias’ no Angel’s Fighting Championship 12

Primeira promoção de MMA do mundo à fazer doações de caridade – ajudando crianças portadoras de doenças comuns ou incuráveis e suas famílias, cobrindo os custos de cirurgias e tratamentos com o dinheiro coletado nos eventos de lutas – o Angel’s Fighting Championship realizou a sua mais recente edição no dia 10 de Junho. Batizado de AFC 12: ‘Hero of the Belt’, o show teve lugar no Sindorim Techno Mart Grand Ballroom, em Seul, capital da Coréia do Sul.

O evento foi ao ar na KBS N Sports e o ‘undercard’ contou com uma série de lutas com competidores locais e internacionais.

Destaque para Yulia Tuchkina, lutadora russa da categoria peso-galo que apagou a sul-coreana Myung Bo Kim com uma guilhotina em pé. Kim desabou ao solo quando a árbitra encerrou a luta, e, quando acordou, precisou perguntar o que havia acontecido.

Também digna de destaque, a luta de Sasha Palatnikov entrou para a história por consagrar o atleta como o primeiro campeão mundial de MMA nascido em Hong Kong. O lutador de 30 anos conseguiu uma vitória difícil ( decisão unânime ) e se tornou o campeão inaugural dos médios do Angel’s Fighting Championship ao passar pelo local Son Sung-won.

Em outra luta bastante comentada, o peso-pena sul-coreano Han Guk Jung quase arrancou a perna do compatriota Min Gu Lee com uma impressionante chave de joelho.

No ‘main-event’ ( evento principal ) do AFC 12, Song Young-Jae venceu Seo Jin-Soo no terceiro round para conquistar o título inaugural do peso-galo da organização.

Mas o maior destaque de toda a programação desse AFC 12 foi mesmo o confronto entre o folclórico Hong-Man Choi ( inteligentemente usado como chamariz para o evento ) e o kickboxer húngaro David Mihajlov.

Hong-Man Choi é um veterano do K-1 e do Pride, cujo currículo inclui vitórias contra Semmy Schilt, Mighty Mo, Bob Sapp e outros, conquistadas nos “anos áureos” do K-1.
Em sua excursão anterior em novembro passado, o sul-coreano enfrentou Yi Long ( futuro oponente de Buakaw Banchamek ) em uma luta de exibição, que foi sua primeira aparição dentro do ringue em dois anos.
Antes disso, Hong-Man Choi vinha de quatro derrotas seguidas contra Zhou Zhipeng, Ray Sefo, Badr Hari e Jerome Le Banner.

Já o currículo de David Mihajlov inclui os duelos contra Bogdan Nastase, Marius Munteanu, Roman Shcherbatiuk, entre outros. Ele veio para essa luta com 15 vitórias em um total de 20 lutas, incluindo 9 KO ( segundo informações da mídia especializada ).

Os dados pessoais dos atletas participantes dessa luta também eram curiosos …
Choi, de 38 anos e 2,19 metros de altura, pesava 150 quilos, enquanto Mihajlov, de 24 anos, com 1,95 m, pesava 110 quilos. Ou seja, 40 kg de diferença de peso entre eles.

Os promotores do Angel’s FC classificaram o confronto de Kickboxing – sancionado pelo TFN : The Fighting Network / WKN : World Kickboxing Network – como sendo um duelo “Davi vs. Golias”.

E como no conto bíblico, o “Davi” venceu o “Golias”. Logo no início da luta, uma série de cruzados de esquerda desferidos pelo húngaro fez as vezes de “estilingue”, o que garantiu o nocaute sobre o gigante sul-coreano em apenas 49 segundos.

Os resultados do AFC 12: ‘Hero Of The Belt’ incluem :

AFC 12: ‘Hero Of The Belt’
10 de junho de 2019
Sindorim Techno Mart Grand Ballroom
Seul, Coreia do Sul.

Young-Jae Song venceu Jin-Soo Seo via TKO ( Socos ) aos 3:26 do round 3
David Mykaylov venceu Hong-Man Choi via KO ( Socos ) aos 0:49 do round 1
Sasha Palatnikov venceu Sung-Won Son via decisão unânime aos 5:00 do round 5
Han-Guk Jung venceu Min-Gu Lee via finalização aos 0:44 do round 1
Yulia Tuchkina venceu Myung-Bo Kim via finalização ( guilhotina em pé ) aos 1:34 do round 1
Jovidon Khojaev venceu Jae-Sung Oh via decisão unânime aos 5:00 do round 2
Bum-Kyu Lee venceu Deok-Jun Jang via decisão dividida aos 5:00 do round 3
Hasan venceu Kyung-Rok Kim via Decision decisão unânime aos 5:00 do round 2

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 13/06/2019

Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ

Oriosvaldo Costa “Mr. Kung Fu”. O primeiro muçulmano lutador de MMA do Brasil. 7 lutas : 3 vitórias, 3 derrotas, 1 No Contest.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *