Rin Nakai já foi campeão do torneio feminino de “peso aberto” promovido pela organização japonesa Valkyrie. ( Cortesia : Arquivo pessoal Rin Nakai ).


Rin Naki nasceu em 22 de outubro de 1986 em Matsuyama, Ehime, Japão. Ela é uma atleta profissional especializada em artes marciais mistas ( MMA, na sigla em inglês para Mixed Martial Arts ), que já figurou entre as ‘top 10’ do peso-galo feminino no ranking mundial da modalidade.
A atleta também já foi coroada campeã do torneio feminino de “peso aberto” promovido pela organização japonesa Valkyrie e é uma “ex-rainha” do Pancrase.

Com 1,55 m e 65,7 kg – a lutadora que é originária do Judô – acumula participações em eventos de MMA do porte do Smackgirl, Valkyrie, Pancrase, RIZIN e até mesmo no UFC.
Aparentemente, o seu desligamento do UFC ocorreu porque os promotores queriam que ela perdesse muito peso para lutar em uma categoria inferior.
Os fãs de Rin Nakai vão além e dizem que os mandatários do UFC apenas a usaram para vender mais ingressos no Japão.

Não custa lembrar que ela já venceu lutadoras do porte de Tara LaRosa ( 22-5-0 ) e Sarah D’Alelio ( 11-7-0 ), ambas no Pancrase ( segundo os dados do Tapology ).
Recentemente, Rin voltou à desafiar Miesha Tate para uma revanche da luta realizada no UFC.
Sua última luta foi uma vitória sobre Young Ji Kim ( 1-4-0 ) no DEEP 82 Impact, em fevereiro de 2018.

Seu registro no sherdog – que é um site especializado em catalogar todas as lutas de MMA realizadas ao redor do mundo – aponta atualmente um recorde de 20 V – 2 D – 1 E.

Assunto frequente nos fóruns de debates sobre o MMA japonês espalhados pela internet, ela e King Reina disputam a preferência de “alguns tipos” que têm um fetiche ‘asiático’, embora Rin Nakai não se enquadre nesse ‘estereótipo’, geralmente composto por garotas pequenas, magras, meigas e usando trajes escolares.

Em um ótimo exemplo de como os japoneses às vezes têm um grande senso de humor, há até mesmo entre os seus fãs quem à considere uma espécie de “aberração genética”, por conta do seu físico musculoso.

Após passar por alguns problemas de saúde no final de 2018, Rin Nakai usou uma página feita pelos seus fãs no Facebook para finalmente tranquilizar à todos e atualizá-los sobre o seu estado geral.

Como está conseguindo se manter saudável, Rin está esperançosa em disputar grandes lutas nos eventos internacionais novamente.

No anúncio feito recentemente, ela também confirmou que estará lutando no Deep Jewels 24.
O Deep Jewels é um show de MMA exclusivo para a promoção de lutas femininas na “terra do Sol Nascente”.
O evento está agendado para o dia 9 de junho e terá lugar no Shinjuku FACE, em Tóquio, no Japão.

Sua adversária ainda não foi confirmada pelos promotores do evento, mas rumores dão conta que esta poderá vir à ser uma lutadora vinda do Tarnthong Gym.
Rin Nakai lutará representando o Shuto Dojo, de Shikoku. ( Shikoku é a menor e menos populosa das quatro ilhas principais do arquipélago japonês, mas é a 50ª maior ilha do mundo em área ).

Para quem quiser saber mais sobre a carreira e o dia à dia de Rin Nakai segue o endereço do seu blog pessoal ( https://nakarin89.hatenadiary.com/ ).

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/05/2019

Anúncios

Oriosvaldo Costa

Oriosvaldo Costa “Mr. Kung Fu”. O primeiro muçulmano lutador de MMA do Brasil. 7 lutas : 3 vitórias, 3 derrotas, 1 No Contest.

Deixe um comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.