Japonês recebe 5 anos e meio de prisão na China

Um tribunal chinês condenou nesta sexta-feira um homem japonês que foi detido pelas autoridades chinesas há cerca de dois anos, a 5 anos e meio de prisão, informaram fontes.

O tribunal da cidade de Yantai, na província de Shandong, também ordenou a apreensão de 30 mil yuans em seus bens pessoais pelo crime de roubar segredos de Estado chineses e fornecê-los a uma organização no exterior, segundo as fontes.

O homem de 70 anos, que é funcionário da NC Geophysical Survey Co., com sede em Funabashi, na província de Chiba, foi detido em março de 2017 enquanto conduzia uma pesquisa geológica para o desenvolvimento de águas termais em Shandong com colegas de trabalho.

Um jornal chinês relatou que o homem tinha uma enorme quantidade de materiais confidenciais, como mapas.

Durante a pesquisa sobre desenvolvimento de fontes termais, um total de seis homens japoneses foram detidos em março de 2017 em Shandong e na província de Hainan. Quatro dos seis foram libertados no final daquele ano.

Pelo menos nove japoneses estão atualmente detidos na China por suspeita de envolvimento em atividades de espionagem ou outras acusações. Destes, o homem em seus 70 anos é o sexto para enfrentar um veredicto.

Fonte: Jiji Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.