Confira os resultados e os destaques do RIZIN 15 no Japão

Tenshin Nasukawa continua invicto com um cartel de 30 à 0 no Kickboxing. ( Crédito: RIZIN FF ).

O primeiro evento do RIZIN nesse ano de 2019 foi concluído e o título inaugural da categoria do peso meio-pesado ( 93 kg ) foi colocado em jogo na luta principal do show realizado em Yokohama, no Japão, no domingo ( 21 de abril ). A disputa teve Jiří Procházka como vencedor ao passar pelo veterano “King Mo” Lawal por nocaute técnico no terceiro round. Mais de três anos depois de sua primeira luta, Jiří conseguiu sua vingança sobre o veterano do Bellator MMA e está agora com uma sequência de oito vitórias consecutivas.

No ‘co-main event’, tivemos o maior astro da promoção, Tenshin Nasukawa, que enfrentou Fritz Biagtan. Este último – por sua vez – teve Manny Pacquiao no ringue para apoiá-lo, em um confronto de Kickboxing. Nasukawa derrubou Biagtan duas vezes no terceiro round, dando joelhadas e socos violentos, para melhorar para 30 à 0 o seu cartel como Kickboxer.

Em outra luta do ‘card’ principal do show, o “rei do peso-galo” do Rizin, Kyoji Horiguchi, venceu Ben Nguyen por nocaute técnico no primeiro round em um duelo de ex-atletas do UFC. Horiguchi vem com uma sequência de 12 vitórias consecutivas em lutas de MMA e agora poderá ter pela frente Darrion Caldwell, mas em duelo no ‘cage’ do Bellator MMA.

Já o paulista Roberto Satoshi – um ‘ás’ do Brazilian Jiu-Jitsu – mostrou que também é bom na “trocação” e nocauteou o japonês Satoru Kitaoka, que tem nada menos que 70 lutas na carreira. Invicto nas oito lutas que fez como profissional, Satoshi definiu a luta no segundo round. Satoshi continua invicto por 8-0 e foi bastante emotivo em sua entrevista pós-luta, afirmando o quanto ele era fã do Pride FC.

Os outros dois brasileiros no ‘card’ de MMA, Luiz Killer e Christiano Frohlich, sofreram derrotas por decisão unânime dos juízes, para Mikuru Asakura e Karl Albrektsson, respectivamente.

Na outra luta do “card” de kickboxing do evento ( que contou com apenas dois confrontos sob estas regras ), Thalisson Ferreira venceu Taiga Kawabe por nocaute técnico no segundo round.

RIZIN 15
15 de abril de 2019
Yokohama Arena
Yokohama, Japão

‘card’ de MMA:
Jiří Procházka derrotou Muhammed Lawal por TKO (socos) – Round 3, 3:00 – para conquistar o título inaugural do meio-pesado
Kyoji Horiguchi derrotou Ben Nguyen por TKO (socos) – Round 1, 2:53 – luta catchweight 9 peso combinado ) 132-libra
Roberto de Souza derrotou Satoru Kitaoka por TKO (socos) – Round 2, 3:57
Karl Albrektsson derrotou Christiano Frohlich por decisão unânime
Rena Kubota derrotou Samantha Jean-François por decisão unânime
Mikuru Asakura derrotou Luiz Gustavo por decisão unânime
Kana Watanabe derrotou Justyna Haba por decisão unânime
Damien Brown derrotou Koji Takeda por decisão unânime
Manel Kape derrotou Seiichiro Ito por TKO (socos) – Round 2, 2:59
Kanako Murata derrotou Saray Orozco por finalização ( estrangulamento ) – Round 2, 2:12

‘card’ de Kickboxing:
Tenshin Nasukawa derrotou Fritz Biagtan por nocaute técnico no R3
Thallisson Ferreira derrotou Taiga Kawabe por nocaute técnico ( três knockdowns ), round 2, 2:33

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 22/04/2019

Anúncios

Oriosvaldo Costa

Oriosvaldo Costa “Mr. Kung Fu”. O primeiro muçulmano lutador de MMA do Brasil. 7 lutas : 3 vitórias, 3 derrotas, 1 No Contest.

Deixe um comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.