José Aldo quer fazer a sua estreia no boxe sem abandonar o MMA

O lutador deu uma entrevista na semana passada na qual revelou que poderá ser uma tração no Boxing For You. ( Cortesia : divulgação ).

[ São Paulo-SP, Brasil ] A grande mídia acredita em uma suposta decadência do Ultimate Fighting Championship ( UFC) e que o show presidido por Dana White estaria buscando a sua salvação no boxe, segundo uma publicação da conceituada revista Exame.
Tudo porque Dana anunciou, ainda em 2017, que também entraria na área da promoção de lutas de boxe, esporte que pouco à pouco vem retomando a sua popularidade.

Também não é raro vermos lutadores de MMA fazendo alguma incursão no boxe, quando não, migrando definitivamente para a modalidade, por razões financeiras.
Mas, ao que consta, Francisco Bueno foi o primeiro brasileiro lutador de MMA à fazer a transição para o boxe, com sucesso.

Ex-campeão mundial do UFC, José Aldo também declarou em uma entrevista na semana passada que pretende fazer a sua estreia no boxe, após o término do seu contrato com o Ultimate.

Mas os fãs de MMA não precisam se preocupar, pois o desejo do atleta é negociar um contrato onde ele possa prosseguir lutando tanto as competições de boxe quanto as de MMA, ou seja, em condições de se tornar um ‘free agent’.

Inclusive, José Aldo já está apalavrado com o empresário paulista Sergio Batarelli ( também ‘manager’ dos medalhistas olímpicos Esquiva Falcão, Robson Conceição e Adriana Araújo ) para fazer a sua estreia no Boxing For You, no ano que vem.

A prova de que esse já é um desejo antigo do lutador da cidade de Manaus, é que ele começou a treinar com Robert Garcia – renomado técnico da modalidade, que também orienta o treinamento de Esquiva Falcão – há um ano e meio.

-“Meu sonho é lutar boxe e é onde eu também posso ganhar um bom dinheiro. Estou ouvindo propostas. Eu quero me esforçar. Não quero uma luta específica nem vou desafiar ninguém. Eu quero começar de baixo, realmente me esforçar, ser classificado e, quem sabe, lutar pelo título um dia. Claro, meu nome já me coloca à frente de muitos caras.”-disse o peso-pena nascido na capital do estado do Amazonas.

O lutador também disse que está aberto a negociações para renovar com o UFC, promoção na qual ainda tem mais três lutas para realizar, por força de contrato.

-“Quanto ao UFC, tudo é questão de negociação. Estamos abertos para discutir. Sempre podemos conversar e tentar encontrar a melhor maneira possível de continuar. Não vejo problema em renovar com o UFC e não me vejo lutando em outro evento de MMA.”-finalizou o Manauara.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 06/04/2019

In this article

Join the Conversation

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.