Nascida na Romênia, Roxana Maracineanu deseja legalizar o MMA na França. ( Cortesia : sport365.fr ).

Atual ministra dos esportes da França, Roxana Maracineanu, quer a regulamentação e a liberação para as competições de MMA naquele país.
De acordo com uma declaração dada ao RMC Sport nessa Terça-feira, 2 de abril, Roxana planeja permitir as competições, desde que – o mais importante agora – haja alguma (s) federação (ões) que concordarão e serão capazes de assumir o MMA e seus regulamentos, o que, sem dúvida, exigirá muitas obrigações administrativas, o que requer tempo e meios financeiros.

Ao ser questionada se “irá legalizar as competições de MMA na França”, a Ministra respondeu positivamente, destacando que o trabalho já foi feito nos últimos anos, a missão parlamentar ordenada pelo governo no final de 2016, que consistia em observar a prática do MMA em academias e conhecer os principais lutadores.

-“O MMA é uma disciplina ‘muito completa’. Eu fui ver como é ensinado, e é um esporte que reúne todas as técnicas de combate. Nós já realizamos todas as pesquisas necessárias”.-disse a ministra dos esportes, também uma ex-nadadora e medalha de prata na olimpíada de 2002.

-“No entanto, ainda há uma imagem deplorável em torno do esporte, ‘que o faz parecer degradante’, por causa das lutas em grades e ‘jaulas’ em que os praticantes se confrontam. Mas certamente haverá um desenvolvimento a ser feito para que as lutas não sejam mais em uma ‘gaiola’ que mantém os combatentes como animais e sim, em um ringue de cordas, como no Boxe.”-complementou ela.

Bertrand Amoussou, Presidente do CFMMA ( Comissão Francesa de MMA ) e Diretor do Conselho da IMMAF, falou sobre a proposta da ministra com empolgação.

-“Eu tenho lutado a favor disso há mais de 10 anos – e 14 informalmente. Esta é a primeira vez que um ministro faz tal declaração. Nós nunca ouvimos isso antes na França. A ministra de Esportes anterior, Laura Flessel-Colovic, queria legalizar o esporte e estava a apenas 15 dias de agir assim quando foi forçada a deixar o cargo. Estamos finalmente, depois de tantos anos, felizes e agradecidos por estar quase lá.”-comentou o francês que já lutou MMA no Brazil Open ( 1995 ) e Pride-Bushido 3 ( 2004 ).

Atualmente, os eventos profissionais de lutas na França estão sendo promovidos sob as regras do Pankration, também conhecido como Pancrace ou “Pancrase francês” que tem como principal característica a disputa de golpes traumáticos em pé, tais como socos e chutes e apenas a parte “agarrada” quando a luta está no chão.
Tais lutas são sempre sucesso de público e crítica no país, com destaque garantido na mídia especializada.

“As competições de MMA em nível nacional podem ser legalizadas se houver um consenso entre as federações e se estas se propuserem à seguir os regulamentos das entidades que regem o MMA mundial. Lançamos um chamado para uma manifestação de interesse onde as federações se oferecerão para sediar esta disciplina.”-Roxana Maracineanu
na RMC Sport.

*Fonte / Créditos : colaborador Oriosvaldo Costa. | Postado em 02/04/2019

as competições de Pancrace, são sempre sucesso de público e crítica na França, com destaque garantido na mídia especializada. ( Cortesia : Jornal Midi-Libre, de Nîmes ).
Anúncios

Oriosvaldo Costa

Oriosvaldo Costa “Mr. Kung Fu”. O primeiro muçulmano lutador de MMA do Brasil. 7 lutas : 3 vitórias, 3 derrotas, 1 No Contest.

Deixe um comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.