Eisai inicia estudos de fase 3 para a doença de Alzheimer

A Eisai Co. informou nesta sexta-feira que começou a fase 3 de testes clínicos do tratamento com Alzheimer BAN2401, um dia depois que a farmacêutica japonesa e a parceira norte-americana Biogen Inc. descartaram testes para outro medicamento para o Alzheimer, o aducanumab.

O anúncio do tratamento com aducanumab fez as ações da Biogen subirem á US$ 18 bilhões. Na sexta-feira, a Eisai caiu em quase 17 por cento menor do que o fechamento anterior.

O aducanumab foi descartado depois que especialistas independentes determinaram que os testes tinham pouca esperança de sucesso, marcando o mais recente revés na tentativa de tratar uma doença devastadora que afeta 5,7 milhões de pessoas apenas nos Estados Unidos.

A Eisai e a Biogen desenvolveram conjuntamente três drogas experimentais para o mal de Alzheimer: aducanumab, BAN2401 e elenbecestat, todas desenvolvidas para atacar a proteína beta destruidora de cérebros amilóide.

“Como acreditamos que o aducanumabe é a melhor esperança para o tratamento do mal de Alzheimer, encerrar seus testes é uma grande surpresa negativa”, disse a analista Motoya Kohtani, da Nomura Securities.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.