Dois japoneses presos por matar motorista de táxi em Camboja

Dois homens japoneses foram presos sob a acusação de matar um motorista de táxi de 40 anos no domingo em um subúrbio de Siem Reap, no noroeste do Camboja, próximo ao local de Patrimônio Mundial da UNESCO, Angkor.

Foram identificados como Reimon Ishida, da província de Chiba, e Ryuji Nakakuki, da província de Fukushima, ambos com 23 anos, segundo a polícia local.

Eles são suspeitos de cortar a garganta do motorista de táxi com uma faca e abandonar seu corpo em uma estrada. A polícia acredita que eles cometeram o crime para roubar o carro do motorista de táxi.

Os suspeitos foram capturados depois que o táxi colidiu com um caminhão assim que eles começaram a dirigir o veículo roubado.

Os japoneses haviam alugado o táxi no domingo, um dia depois de atravessarem a fronteira entre a Tailândia e Camboja, segundo a polícia.

Fonte: Jiji Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.