O braço de pesquisa da Agência Meteorológica do Japão recentemente começou a desenvolver um sistema baseado em inteligência artificial para prever eventos de ventos fortes suficientemente severos para impactar a segurança do transporte terrestre e aéreo, disseram autoridades.

O sistema, que o Instituto de Pesquisas Meteorológicas pretende desenvolver ao longo de um período de quatro anos, também deve ajudar os carros autônomos a evitar acidentes causados ​​por ventos fortes, incluindo tornados e explosões.

Os principais sistemas eólicos desenvolvem-se rapidamente e a sua natureza aleatória tornou difícil prever a sua gravidade ou localização potencial.

A East Japan Railway Co, que atua em áreas do leste, incluindo Tóquio, tem operado seu próprio sistema para detectar possíveis rajadas após um descarrilamento de trem causado por fortes ventos em 2005, mas sua aplicação tem sido limitada.

Ao monitorar dados de correntes de ar obtidos a partir de radares meteorológicos existentes, o protótipo do Instituto de Pesquisas Meteorológicas foi capaz de detectar a formação de eventos de alto vento com uma precisão de 90%, disseram os oficiais.

O instituto precisa coletar mais dados sobre como os ventos são gerados nos períodos mais quentes do ano, disseram eles.

Nuvens cumulonimbus – nuvens verticais altas e densas observadas principalmente no verão – causam correntes de ar imprevisíveis, tornando a previsão do vento mais complicada, de acordo com a agência.

Fonte: Kyodo

Anúncios

Leandro Ferreira | Connection Japan ®

Webmaster, programador, desenvolvedor e editor de artigos.

Deixe um comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.