448 passageiros em quarentena no Reino Unido após virem de Barbados

Todos os passageiros e tripulantes em um vôo de Barbados para Londres foram brevemente colocados em quarentena por causa da doença generalizada a bordo. Virgin Atlantic disse quarta-feira

A companhia aérea disse que os 448 passageiros – que estavam retornando à Grã-Bretanha depois de viajarem no navio de cruzeiro MSC Preziosa no Caribe – e a tripulação foram levados para um centro de recepção perto do aeroporto de Londres para avaliação médica depois que o avião pousou.

Ele disse que vários clientes “relataram mal-estar a bordo” e que está conduzindo uma investigação completa sobre o que aconteceu.

O passageiro Trevor Wilson disse à Associated Press que os paramédicos inicialmente checavam as pessoas a bordo e então todo o grupo foi levado ao centro de recepção para mais avaliações.

“Eles basicamente nos colocaram em quarentena”, disse Wilson, 61 anos. “Desde o momento em que tocamos até a hora em que saímos, demorou cerca de cinco horas. Não tenho nenhum problema com a resposta da Virgin ou da Gatwick. Isso não acontece com frequência”.

“Não notamos muita gente, mas quando chegamos no avião, foi muito ruim”, disse ele. “Muita gente tossia e membros da tripulação ficaram doentes, foi quando deram o alerta.”

Um porta-voz do Serviço de Ambulância da Costa Leste do Sudeste disse que tratou cerca de 30 pessoas com várias queixas e que três foram levadas para um hospital para mais exames.

O serviço disse que respondeu com especialistas e sua equipe de resposta a áreas perigosas porque os passageiros e a tripulação estavam se sentindo “mal e enjoados”.

A linha de cruzeiros suíça MSC Cruzeiros, que opera o navio, disse que a empresa está investigando e buscando informações de médicos que tratam os passageiros.

A empresa disse que não houve casos de doenças agudas no navio de cruzeiro nas últimas duas semanas.

Fonte: Associated Press

Anúncios

Deixe uma resposta