TikTok é forçado a pagar US$ 5,7 mihões por expor menores nos EUA

Quando o aplicativo explodiu em popularidade há quase quatro anos, era mais conhecido por ser uma sensação adolescente. Mas, de acordo com a Federal Trade Commission (Comissão de comercio federal), o aplicativo também coletou ilegalmente informações de crianças menores de 13 anos.

A agência anunciou que o Musically, agora conhecido como TikTok, concordou em pagar uma multa de US $ 5,7 milhões para acertar as alegações, descritas como “a maior penalidade civil jamais obtida pela Comissão em um caso de privacidade infantil”. A TikTok também deve cumprir a Lei de Proteção à Privacidade Online das Crianças, ou COPPA, no futuro, e remover todos os vídeos enviados por usuários menores de 13 anos.

“Esta penalidade recorde deve ser um lembrete para todos os serviços online e sites que visam crianças: Nós levamos a aplicação da COPPA muito a sério, e não vamos tolerar empresas que ignoram flagrantemente a lei”, disse o presidente da FTC, Joe Simons, em um comunicado.

A reclamação da FTC alega que Musically violou a COPPA ao não exigir o consentimento dos pais para usuários com menos de 13 anos, deixando de notificar os pais sobre como o aplicativo coletou informações pessoais de usuários menores e não permitindo que os pais solicitassem a exclusão dos dados de seus filhos.

Fonte: Wired

Anúncios

Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Webmaster, programador, desenvolvedor e editor de artigos.

Deixe uma resposta