Novas regras: Lutadores de Sumo não poderão ter barbas ou tatuagens

Em outro movimento para limpar o esporte, os lutadores de sumô, mesmo os supersticiosos, devem cortar as barbas antes de entrar no dohyo, disse a Associação de Sumô do Japão (JSA, na sigla em inglês).

“Queremos que você esteja limpo e arrumado para os espectadores ao subir ao palco principal”, disse Oguruma, diretor da JSA e ex-ozeki conhecido como Kotokaze, em uma reunião de lutadores no dia 26 de fevereiro.

O “código de vestimenta” do sumo afirma atualmente que “os lutadores de sumô devem manter seus corpos limpos”.

Sob as novas regras da JSA, as unhas e tatuagens longas, serão proibidas.

Oguruma apontou que alguns lutadores sekitori nas maiores divisões de makuuchi e segundo maior júri tiveram que fazer a barba pois “pareciam bagunçados”.

Alguns lutadores supersticiosos que entram em uma série de vitórias acreditam que, se eles cortarem seus pelos faciais, suas vitórias acabarão.

Oguruma disse que uma reunião da diretoria da JSA no início deste mês concordou que “os lutadores serão proibidos de manter suas barbas mesmo com crenças excessivamente supersticiosas”.

O esporte antigo foi abalado por vários escândalos, incluindo violência fora do ringue. Os lutadores de sumô, particularmente yokozuna, devem mostrar um alto nível de dignidade e disciplina.

A JSA pretende emitir advertências para os lutadores que violarem as novas regras.

Os lutadores lesionados também serão instruídos a usar fita atlética que seja discreta e se misture com as cores da pele, embora este item não seja incluído no código de vestimenta.

Fonte: Asahi

Anúncios

Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Webmaster, programador, desenvolvedor e editor de artigos.

Deixe uma resposta