“Jason Never Dies”. O cearense estará lutando no mês de março em uma das maiores franquias mexicanas de MMA. ( Cortesia : Divulgação Lux Fight Legaue ).

Rony ‘Jason’ luta MMA no México e espera retorno ao UFC

É impossível não torcer por Rony ‘Jason’ Mariano ( 14 v – 7 d – 1 NC ). O lutador de MMA, natural da cidade de Quixadá – município localizado na região do sertão central no estado do Ceará – tem uma trajetória de vida capaz de inspirar os mais célebres roteiristas de Hollywood.

Vencedor da primeira edição do The Ultimate Fighter Brasil, o cearense também brilhou no Ultimate Fighting Championship.
Exímio finalizador e bom de boxe, logo conseguiu destaque dos demais.
Carismático, conquistou uma legião de fãs em vários países pelo mundo.

Mas problemas de ordem pessoal e familiar acabaram refletindo em seu desempenho dentro do octógono, até que o lutador acabou sendo demitido da organização presidida por Dana White.
Assim sendo, Rony ( atualmente com 34 anos ), já experimentou o gosto da maior vitória e também da maior derrota.

Mas agora, com toda essa experiência adquirida ao longo da jornada, Jason parece ter conseguido se livrar do seu “inferno astral” e aparenta estar muito mais focado na carreira.
O ex-lutador do UFC na categoria ‘featherweight’ ( peso pena : até 65 kg ) mudou-se para a capital Fortaleza, priorizou o aperfeiçoamento do seu Jiu-Jitsu, manteve os treinos de ‘trocação’ para lapidar a parte de Boxe e Muay Thai e está investindo na sua preparação física.

Seu retorno aos ‘cages’ está agendado para o dia 15 de março, em luta válida pelo Lux Fight Legaue 4, evento que terá lugar no Pepsi Center WTC, na Cidade do México, no México.
Na ocasião, seu adversário será o lutador de Manaus-AM e ex-ACB Diego Lopes ( 14v-3d ).

Os dois atletas que estarão lutando pelo cinturão da divisão dos penas vivem momentos distintos em suas carreiras.
Enquanto Rony Jason está afastado do MMA desde março de 2017 e está há quatro lutas sem vencer ( incluindo uma falha em um exame antidoping ), o manauara vem de três triunfos consecutivos e em sua última luta ( válida pelo Lux Fight League 3, em outubro do ano passado ) finalizou Luis Angel Guerreiro com um arm-lock.

O mais importante de tudo isso, no entanto, é que esse confronto – independente do seu resultado – colocará o lutador de volta ao circuito internacional em definitivo, uma vez que o plano de carreira de Rony é continuar lutando em grandes eventos pelo mundo até conseguir fazer o seu retorno ao UFC.

-“Depois de organizar algumas coisas na minha vida, tenho certeza que vou voltar. Eu sei que minha casa é o UFC. Só morre o sonho pelo qual você não morreria por ele.”-disse Jason, em recente entrevista concedida ao repórter Marquinhos Santos, da revista Pegada.

Quem costumava acompanhar os filmes da série Sexta-Feira 13 ( no original em inglês: Friday the 13th ) sabe que Rony continuará tentando e tentando, até atingir o sucesso.
Ou alguém ainda duvida que o “Jason Nunca Morre”?

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa, “Mr Kung Fu”. | Escrito em 24/02/2019

Rony Jason ao lado do sobrinho Victor Hugo. O jovem campeão de Jiu-Jitsu quer seguir os passos do Tio e construir uma carreira de sucesso também no MMA. ( Cortesia : Acervo pessoal Rony Jason ).
Anúncios

Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ

Oriosvaldo Costa “Mr. Kung Fu”. O primeiro muçulmano lutador de MMA do Brasil. 7 lutas : 3 vitórias, 3 derrotas, 1 No Contest.

Deixe uma resposta