Polícia acha 500 restos humanos em Adachi

A descoberta de pelo menos 500 conjuntos de restos mortais humanos desencadeou preocupação entre os moradores locais, mas a polícia de Tóquio rapidamente percebeu que nenhum crime havia sido cometido.

Parece que a casa e o jardim na Ala Adachi, onde os esqueletos foram achados, já foi usado como o escritório de uma empresa que criava esqueletos humanos para fins de exibição.

Um parente do dono da casa falecido explicou à polícia que o falecido presidente da empresa havia importado os ossos para fins comerciais da Índia.

De acordo com oficiais da Delegacia de Polícia Nishi-Arai, um parente do presidente da empresa foi encontrado morto em casa em novembro passado.

Depois de uma investigação, a polícia concluiu que o indivíduo morreu de uma doença e que nenhum crime estava envolvido.

A polícia descobriu a enorme quantidade de ossos quando foram chamados para investigar a morte em casa.

Embora a polícia tenha descartado o crime em relação à coleção macabra, eles continuarão a questionar aqueles que tiveram acesso à casa e à empresa.

Fonte: Asahi

Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Webmaster, programador, desenvolvedor e editor de artigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *