Empresas retiram anúncios do Youtube após polêmica

Várias empresas, incluindo a AT & T e a Nestlé, estão retirando anúncios do YouTube devido a preocupações com comentários inadequados em vídeos de crianças.

Um vídeo de um popular YouTuber e um relatório da Wired mostraram que os pedófilos fizeram comentários impróprios em vídeos de crianças. Os comentários supostamente incluíam timestamps que mostravam onde as crianças inocentemente partes do corpo.

O YouTube diz que desativou comentários em dezenas de milhões de vídeos, excluiu contas e canais ofensivos.

A Epic Games, responsável pela Fortnite, e a Nestlé disseram que farão uma “pausa em seus anúncios no YouTube” enquanto a empresa trabalha no assunto. A AT&T diz que removeu os anúncios até que o YouTube possa “proteger nossa marca contra conteúdo ofensivo de qualquer tipo”.

O YouTube enfrentou boicotes de anunciantes no passado, incluindo um boicote generalizado no início de 2017. Desde então, o YouTube tem se esforçado para ser mais transparente sobre como lida com comentários e vídeos ofensivos em seu site.

Mas a última informação mostra o quanto um conteúdo ofensivo continua a ser problemático, disse o analista de vídeo da eMarketer, Paul Verna.

Os gastos com publicidade digital nos EUA devem crescer 19% em 2019, para 129,34 bilhões de dólares este ano, ou 54% do total estimado de gastos com publicidade nos EUA, de acordo com a eMarketer, com Google e Facebook respondendo por quase 60% desse total.

“No final do dia, há um duopólio do Google e do Facebook”, para publicidade digital, disse ele.

Fonte: The Associated Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.