Companhias aéreas vietnamitas terão acesso ao mercado dos EUA

As companhias aéreas vietnamitas poderão voar para os Estados Unidos e fazer codeshare com as transportadoras americanas depois que a Administração Federal de Aviação dos EUA declarou que o país do Sudeste Asiático está em conformidade com os padrões internacionais de segurança.

A agência de segurança da aviação dos Estados Unidos disse em um comunicado na quinta-feira que está concedendo ao Vietnã a classificação “Categoria 1”, duas semanas depois que a Reuters informou que a decisão era esperada.

“É o reconhecimento de uma autoridade de aviação muito desenvolvida, que exige um alto padrão de proteção e segurança”, disse o vice-ministro do Transporte do Vietnã, Nguyen Ngoc Dong, à Reuters na sexta-feira.

Atualmente, não há voos diretos entre o Vietnã e os Estados Unidos, apesar de um grande mercado para o turismo e visitas de amigos e parentes. A Vietnam Airlines JSC, a Bamboo Airways e a VietJet Aviation JSC desejam voar para os Estados Unidos.

O presidente da Bamboo Airways, Trinh Van Quyet, disse que a Bamboo está considerando destinos como Seattle, Los Angeles e São Francisco, com a primeira rota a ser inaugurada no final de 2020 ou início de 2021. Sua companhia aérea encomendou 20 Boeing Co. 787 para vôos de longa distância.

O analista-chefe da CAPA Center for Aviation, Brendan Sobie, disse que a classificação da FAA era importante para o Vietnã simbolicamente e politicamente.

Mas ele disse que as companhias aéreas vietnamitas poderiam ter dificuldades para tornar os vôos dos EUA lucrativos por causa da falta de demanda por viajantes de negócios com altos salários.

O CEO da Vietnam Airlines, Duong Tri Thanh, disse à Reuters no ano passado que a companhia aérea poderia abrir rotas para os Estados Unidos, apesar de tais limitações comerciais, devido a um mandato do governo para ajudar no crescimento da economia.

A companhia aérea não respondeu imediatamente a um pedido de comentário na sexta-feira.

Fonte: Reuters

Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Webmaster, programador, desenvolvedor e editor de artigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *