Empresa lança app para fans de mangá fora do Japão

Boas notícias para fãs de mangá no exterior, e talvez más notícias para piratas de títulos populares japoneses.

Os fãs estrangeiros agora podem ler os últimos episódios de “One Piece”, “My Hero Academia” e mais da Shueisha Inc. em inglês gratuitamente ao mesmo tempo em que são lançados no Japão, graças a um novo aplicativo.

A editora estreou o app Manga Plus da Shueisha em janeiro para combater indústria de contrabando distribuindo versões oficiais de seu mangá em outros idiomas que não o japonês, antes que cópias pirateadas aparecessem online.

Uma versão em espanhol do aplicativo será lançada em breve.

A China e a Coréia do Sul ficaram de fora do serviço porque muitas dos mangás da Shueisha foram impressos nos dois países. O Japão também foi excluído.

Uma imagem da tela do aplicativo Manga Plus que permite aos usuários ler mangá de graça fora do Japão (Fornecido pela Shueisha Inc.)

“Dragon Ball Super” da antologia de mangá V Jump e “Terra Formars” do Weekly Young Jump estão disponíveis no aplicativo, além de “One Piece” e “My Hero Academia”, ambos serializados na Weekly Shonen Jump.

Mais de 50 títulos são oferecidos, incluindo “Naruto” e “JoJo’s Bizarre Adventure”, duas séries populares que foram concluídas.

O aplicativo é mantido pela receita de anúncios, parte dos quais vai para os criadores do mangá disponíveis no serviço.

A Shueisha imprimiu e distribuiu seu mangá nos Estados Unidos, Europa e outras nações asiáticas, trabalhando com editoras locais, mas seus quadrinhos ainda não estão amplamente disponíveis.

As vendas oficiais de mangás e animes japoneses totalizaram 123,4 bilhões de ienes (US $ 1,12 bilhão), bem abaixo de uma perda estimada de 288,8 bilhões de ienes infligida à indústria por edições piratas, mostrou uma pesquisa de 2014 da Content Overseas Distribution Association.

Fonte: Asahi

In this article

Join the Conversation

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.