As lutas do histórico ‘card’ do segundo show do Brave CF em Amã, capital jordaniana, serão anunciadas nas próximas semanas. ( Cortesia : divulgação ).

Brave Combat Federation retornará à Jordânia no mês de Abril

Pouco mais de um ano após seu evento inaugural em Amã, quando deu o “pontapé” inicial para um ano inesquecível ( com 12 eventos em 12 países diferentes ), o Brave Combat Federation ( Brave CF ) retornará à Jordânia no próximo mês de abril para o Brave 23.

O Brave CF atualmente tem dois campeões de nacionalidade jordaniana – Abdul-Kareem Al-Selwady é o atual ‘Lightweight’ ( peso leve ), após ter derrotado o brasileiro Lucas Mineiro, enquanto Jarrah Al Selawe detém a coroa do ‘Welterweight’ ( peso meio-médio ), conquistada após o triunfo sobre Carlston Harris.

Depois de competir em promoções de MMA, tais como o Desert Force ( também sediada na Jordânia ) e lutar no Brave CF desde o primeiro evento, Abdul Kareem Al-Selwady comentou sobre o retorno da franquia à Palestina :

  • “Isso me deu mais motivação. É uma grande honra, mas também uma grande responsabilidade”, – afirmou Al-Selwady.

Já o lutador Jarrah Al Selawe, conhecido por sua personalidade extrovertida e habilidades excepcionais, disse estar pronto para mais um grande show no Brave CF, e que irá trazer novamente uma enorme multidão jordaniana para o evento :

-“Eu adoraria lutar na minha cidade natal de novo. Quem gostaria de me ver lutar novamente na Jordânia, onde eu encho a arena com a multidão mais louca do mundo ? ” – indagou aos seus fãs.

O Presidente do Brave CF, Mohammed Shahid, também comentou sobre o retorno da maior promoção de MMA do Oriente Médio ao país :

-“Temos conversado sobre o nosso retorno à Jordânia desde o momento em que encerramos o Brave CF 10 em março passado. A Jordânia é um dos maiores ‘celeiros’ de talentos não apenas no Oriente Médio, mas no mundo inteiro. Desenvolver esse potencial é ‘uma parte crucial’ do nosso plano para criar um novo ‘ecossistema’ para o esporte do MMA. É por isso que estamos de volta. E não poderíamos estar mais animados com isso”. – declarou o mandatário.

O Brave Combat Federation não está centrado apenas no Ocidente ou na Ásia, mas é a única organização realmente global do esporte, e o Presidente Mohammed Shahid, ele mesmo é um lutador aposentado, o que oferece uma visão equilibrada sobre o esporte.

Antes do retorno do show à Jordânia haverá um próximo evento, o Brave CF 22: Storm of Warriors, que será realizado dia 15 de março no icônico Mall of Asia Arena, em Manila, nas Filipinas. As Filipinas se tornarão o 15º país a sediar um evento do Brave CF. A promoção começou no Reino do Bahrein, expandindo-se para outros países como o Brasil, Emirados Árabes Unidos, Índia, Cazaquistão, México, Jordânia, Indonésia, Irlanda do Norte, Marrocos, Colômbia, Paquistão, África do Sul e Arábia Saudita.

Os shows do Brave CF já foram transmitidos para 84 países ( em uma marca histórica para o MMA ). E isso é apenas o começo.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 12/02/2019

O jordaniano Abdul Kareem Al-Selwady, apelidado de “Pride of Palestine” luta por sua família e seu país. ( Cortesia : Brave CF ).
Anúncios

Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ

Oriosvaldo Costa “Mr. Kung Fu”. O primeiro muçulmano lutador de MMA do Brasil. 7 lutas : 3 vitórias, 3 derrotas, 1 No Contest.

Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ has 148 posts and counting. See all posts by Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *