Hokkaido oferece bolsa de estudo estrangeiros para formar cuidadores de idosos

Estudantes estrangeiros de enfermagem em Hokkaido receberão bolsas de estudo de 2,5 milhões de ienes por ano, a partir de abril, para atuar em áreas regionais que enfrentam grave escassez de mão de obra, informou a agência de notícias Kyodo nesta segunda-feira (4).

A iniciativa, uma raridade no Japão, visa atrair mais cuidadores de idosos para áreas fora das grandes cidades. Normalmente, os recém-chegados tendem a trabalhar em grandes centros urbanos, onde podem ganhar melhores salários.

Oitenta por cento dos 2,5 milhões de ienes oferecidos para cada estudante virão da receita tributária coletada pelo governo central e distribuída às províncias.

Os estudantes estrangeiros estarão isentos de devolver todo o dinheiro, desde que trabalhem para uma instalação de cuidados a idosos por três a cinco anos após a graduação.

Embora tenha havido casos de municípios que concedem bolsas de estudo a estrangeiros, “nunca ouvi falar de uma pessoa recebendo uma bolsa tão grande de 2,5 milhões de ienes por ano”, disse um funcionário do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar.

Ichiro Matsuoka, prefeito de Higashikawa (Hokkaido), aprovou a nova iniciativa de bolsas de estudo. “Queremos formar cuidadores altamente comunicativos”, disse.

Estima-se que o país terá uma escassez de cerca de 340 mil cuidadores no ano fiscal de 2025. Mas o número de japoneses matriculados em escolas de cuidadores continua caindo, e os estrangeiros se tornaram uma opção para atuar nessa área.

Fonte: Reuters

Anúncios

Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Webmaster, programador, desenvolvedor e editor de artigos.

Deixe uma resposta