Taliban mata mais de 100 pessoas em ataque à base militar afegã

O Taleban matou mais de 100 integrantes da segurança afegã em um complexo militar na província de Maidan Wardak, segundo uma autoridade de defesa.

“Temos informações de que 126 pessoas foram mortas na explosão dentro do centro de treinamento militar. Oito soldados especiais estão entre os mortos ”, disse um alto funcionário do Ministério da Defesa em Cabul, falando sob condição de anonimato.

O funcionário disse que o ataque começou na manhã de segunda-feira, quando os atacantes dirigiram um carro cheio de explosivos através de um posto militar e detonaram o veículo dentro do campus do Centro de Treinamento da Direção Nacional de Segurança (NDS) em Maidan Shahr, capital da província.

Agentes de segurança afegãos inspecionam a área após o ataque. Um funcionário disse que 126 pessoas foram mortas. Foto: Jalad Jalali / EPA

Uma segunda fonte na província de Maidan Wardak disse que mais de 100 membros do NDS foram mortos no ataque.

“Estive em contato com o funcionário da NDS na província e eles me disseram que mais de 100 membros da NDS foram mortos na grande explosão”, disse a ex-autoridade provincial.

Sharif Hotak, membro do conselho provincial de Maidan Wardak, disse que viu os corpos de 35 agentes das forças afegãs em um hospital.

“Muitos mais foram mortos. Vários corpos foram transportados para a cidade de Cabul e muitos feridos foram transferidos para hospitais em Cabul ”, disse Hotak, acrescentando que“ o governo estava escondendo os números precisos das vítimas para evitar uma nova queda no moral das forças afegãs ”.

“A explosão foi muito poderosa. O prédio inteiro entrou em colapso ”, disse ele.

Funcionários do governo em Maidan Wardak e Cabul se recusaram a comentar quando perguntados se estavam obscurecendo o número de mortos.

Dois altos funcionários do Ministério do Interior disseram que o número exato de baixas não estava sendo divulgado para evitar a agitação dentro das forças armadas.

“Disseram-me para não tornar públicos os números de mortos. É frustrante esconder os fatos ”, disse um alto funcionário do Ministério do Interior em Cabul.

Um alto funcionário da NDS em Cabul disse que pelo menos 50 pessoas foram mortas ou feridas no complexo ataque.

Abdurrahman Mangal, porta-voz do governador provincial de Maidan Wardak, disse que 12 pessoas morreram e 12 ficaram feridas quando o carro-bomba explodiu perto da unidade das forças especiais afegãs.

Em um comunicado, o escritório do presidente afegão, Ashraf Ghani, disse que os “inimigos do país” realizaram um ataque contra o pessoal do NDS em Maidan Shahr. “Eles mataram e feriram vários de nossos amados e honestos filhos”, disse ele.

Fonte: The Guardian

Anúncios

Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Webmaster, programador, desenvolvedor e editor de artigos.

Deixe uma resposta