Igreja ucraniana formaliza separação da Rússia, forçando clérigos a tomar partido

Uma igreja ortodoxa ucraniana independente foi criada em uma cerimônia de assinatura na Turquia no sábado, formalizando uma divisão com a igreja russa a qual estava ligada desde 1686.

O Patriarca Ecumênico de Constantinopla, Bartolomeu I, assinou os Tomos em Istambul diante dos clérigos e o Presidente Ucraniano Petro Poroshenko, formando a Igreja Ortodoxa da Ucrânia.

Ela força os clérigos ucranianos a escolher um lado entre as igrejas ucranianas, apoiadas por Moscou, e a nova igreja, enquanto os combates persistem no leste da Ucrânia entre as forças do governo e os rebeldes apoiados pela Rússia.

“O piedoso povo ucraniano aguardou este dia abençoado durante sete séculos inteiros”, disse Bartolomeu I em seu discurso.

O patriarca, considerado “o primeiro entre iguais” no cristianismo ortodoxo, disse que os ucranianos agora podem desfrutar “do dom sagrado de emancipação, independência e autogoverno, tornando-se livres de toda intervenção externa”.

Poroshenko agradeceu a Bartolomeu I “pela coragem de tomar esta decisão histórica” e disse que “entre as 15 estrelas das igrejas ortodoxas do mundo, apareceu uma estrela ucraniana”, referindo-se ao número atualizado de igrejas que não respondem a uma autoridade externa.

No mês passado, os líderes ortodoxos ucranianos aprovaram a criação de uma nova e unificada igreja dividida do Patriarcado de Moscou e elegeram o Metropolita Epiphanius I, de 39 anos, para liderá-la.

A decisão de Bartolomeu I em outubro de conceder à igreja ucraniana “autocefalia”, ou independência, enfureceu Moscou e a igreja russa cortou os laços com Istambul, o centro do mundo ortodoxo.

As críticas continuaram no sábado, quando um porta-voz da Igreja filiada à Rússia na Ucrânia, Vasily Anisimov, disse: “Consideramos estas ações anti-canônicas … Esta ação não trará nada à Ucrânia, exceto problemas, separação e pecado”, segundo para a agência de notícias estatal russa RIA-Novosti.

Fonte: The Japan News

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *