Espanha resgata 401 migrantes do Mediterrâneo

A guarda costeira espanhola resgatou 401 imigrantes que tentavam atravessar o Mediterrâneo nos dois primeiros dias do novo ano, disseram na quarta-feira.

A notícia chega poucos dias depois de uma embarcação de resgate de caridade que transportava 311 migrantes principalmente africanos retirados da costa da Líbia ancorados na Espanha, encerrando uma jornada traumática que os levou a passar o Natal no mar.

Uma porta-voz da Guarda Costeira da Espanha disse à AFP que resgatou 111 migrantes na terça-feira no Estreito de Gibraltar e no Mar de Alborão.

Ela acrescentou que mais 290 foram resgatados na quarta-feira.

A Espanha tornou-se o principal ponto de entrada da Europa para os migrantes, superando a Grécia e a Itália.

De acordo com os últimos números da Organização Internacional para as Migrações (OIM), mais de 56.000 migrantes chegaram à Espanha por via marítima de 1º de janeiro a 19 de dezembro de 2018, e 769 morreram tentando fazê-lo.

Fonte: AFP

Anúncios

Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Webmaster, programador, desenvolvedor e editor de artigos.

Deixe uma resposta