Cientistas israelenses descobrem que flores podem ouvir insetos

Uma pesquisa israelense descobriu que as prímulas, expostas ao som das abelhas e das asas das mariposas, distribuem o pólen das flores e aumentam a concentração de açúcar em seu néctar em apenas três minutos.

O jornal de língua hebraica Haaretz informou no domingo que os pesquisadores dizem que a descoberta pode ter um impacto na compreensão da evolução das flores e insetos.

Estudos recentes mostraram como as plantas respondem à luz (sentido da visão), estimulação mecânica (sensação de toque) e substâncias químicas que evaporam no ar (sentido do olfato).

O mais recente estudo de cientistas da Universidade de Tel Aviv, no centro de Israel, apresenta uma resposta rápida das plantas ao som.

O estudo também mostra que a reação das plantas depende da freqüência dos sons do zumbido. Quando expostos a sons com maior frequência que os polinizadores, não foi encontrado aumento na concentração de açúcar no néctar.

Como a produção de néctar é uma atividade que demanda energia, as plantas precisam investir com precisão seus recursos e se concentrar nos tempos de atividade do pólen. Como resultado, os polinizadores receberão mais recompensa por unidade de tempo que investem em uma flor.

Esta descoberta também pode ter outras implicações, incluindo influenciar a evolução de plantas e insetos.

A influencia da forma

Segundo os pesquisadores, o desenvolvimento da forma da flor também pode ser influenciado por fatores que afetam a capacidade auditiva das plantas.

As descobertas sugerem que as plantas também são afetadas por outros sons, incluindo aqueles produzidos pelo homem, que podem prejudicar a capacidade das flores e abelhas se comunicarem.

O estudo mostra que sons polinizadores e sons sintéticos em frequências semelhantes causam vibração das pétalas e provocam uma resposta rápida, um aumento na concentração de açúcar no néctar.

Em um de seus experimentos, os pesquisadores envolveram as flores em vidro sem som e depois expuseram a planta aos sons dos polinizadores. Não houve aumento na concentração de açúcar no néctar.

Segundo os cientistas, estudos posteriores podem revelar que as plantas podem ouvir e responder a herbívoros, outros animais, fatores naturais e possivelmente outras plantas.

Fonte: Xinhua

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *