Califórnia vai exigir que pet shops vendam apenas animais de resgate

A Califórnia se tornará o primeiro estado nos EUA a proibir a venda de cães, gatos e coelhos em lojas de animais, a menos que os animais sejam de uma organização de resgate.

A nova lei, chamada AB 485, é um esforço para reprimir fábricas de filhotes. A partir de 1º de janeiro de 2019, as lojas de animais da Califórnia só poderão vender cães, gatos e coelhos em abrigos e resgates.


Dois cachorros, resgatados, em sua gaiola na traseira de um caminhão em 2 de fevereiro de 2013. Colin McConnell – Toronto Star / Getty Images

A lei “exigirá que todas as vendas de cães e gatos autorizados por esta disposição estejam em conformidade com as leis que exigem a esterilização ou a castração de animais, conforme especificado.”

A AB 485 também exigiria que cada loja de animais mantivesse registros suficientes para documentar a origem de cada cão, gato ou coelho que a loja de animais vende e autorizaria agências públicas de controle de animais ou abrigos a periodicamente exigir que as lojas de animais se engajassem na venda de cães, gatos, ou coelhos para fornecer acesso a esses registros.

Fonte: Times

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments