Um vídeo viral mostrando uma mulher mais velha dirigindo ao longo de uma calçada no Japão – felizmente sem incidentes – destacou a luta do país para deter um aumento preocupante no número de acidentes envolvendo motoristas idosos.

O clipe foi visto 6,8 milhões de vezes e recebeu 213.000 curtidas desde que foi postado no Twitter na terça-feira. Ele mostra a mulher enquanto ela dirige seu hatchback de prata ao longo de uma ampla calçada na cidade de Nobeoka, na prefeitura de Miyazaki, no sudoeste do Japão.

Dois homens em um carro que passa, um dos quais filmou o encontro, são ouvidos expressando descrença quando se deparam com o veículo, depois riem quando se torna evidente que o motorista idoso está alheio ao potencial perigo à frente.

Carros em uma estrada em Tóquio. Foto: Mark Thomas / Getty Images / Axiom RM

Livedoor News especulou que o motorista estava em seus 60 ou 70 anos e subido no pavimento por engano depois de sair de um supermercado próximo.

Enquanto muitos comentaristas online viram o lado engraçado, outros criticaram os homens por não tentarem avisar o motorista, que estava dirigindo a cerca de 40 km/h e acompanhado por outra mulher que parecia ter mais ou menos a mesma idade.

Outro usuário, observando que o incidente ocorreu em uma área rural, disse que a falta de serviços de trem e ônibus significava que os idosos não tinham escolha. “É muito bom pedir a motoristas mais velhos que entreguem suas licenças, mas você não pode morar no campo sem ter um carro”.

De acordo com um relatório da polícia publicado em 2018, cerca de 57.000 motoristas japoneses com 75 anos ou mais apresentaram sinais de demência quando renovaram suas carteiras de motorista durante os 12 meses até o final de março. Sob uma mudança nas leis de segurança no trânsito introduzidas em 2017, os motoristas suspeitos de terem doenças precisam consultar um médico.

De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 4,6 milhões de japoneses estão vivendo com alguma forma de demência, com o total esperado para cerca de 7,3 milhões de pessoas – ou uma em cada cinco pessoas com 65 anos ou mais – até 2025.

Em 2017, um recorde de 253.937 motoristas mais velhos voluntariamente desistiram de suas carteiras de motorista, de acordo com o Japan Times.

Fonte: The Guardian

In this article

Join the Conversation

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.