Ayel, top laner da paiN, na Superliga ABCDE (Foto: Divulgação/Superliga)

“Vencer da INTZ tem um gostinho a mais”, diz Ayel, da paiN, após vitória na Superliga

Ayel, top laner da paiN, na Superliga ABCDE (Foto: Divulgação/Superliga).

paiN Gaming fechou sua campanha na fase de grupos da Superliga 2018 com uma vitória definitiva contra a INTZ e-Sports, vice-líder do Grupo B do torneio. Invictos no torneio, o clube se aproxima de fechar sua lineup para o Circuito Desafiante 2019, em que buscarão a vaga ao CBLOL.

Após a série md3, o top laner Marcelo “Ayel” Mello comentou ao Mais e-Sports a campanha no campeonato de pré-temporada, a classificação para as semifinais e as expectativas para a etapa eliminatória. Confira:

Tanto a paiN quanto a INTZ já tinham suas vagas garantidas nas semifinais antes da série de hoje. O que a vitória significa, nesse contexto?

Ayel: Vencer da INTZ tem um gostinho a mais porque eu já fui do time, também. Além disso, perdemos para eles a vaga para o CBLOL, porque eles jogaram o relegation. Vencer deles prova também que somos um time mais forte, que nos consolidamos como um time realmente, porque durante a temporada não conseguimos encaixar muito bem e, agora, estamos conseguindo nos encaixar. A vitória em cima da INTZ prova que estamos nos distanciando da paiN que perdeu o Circuito Desafiante como perdemos.

O que a Superliga em si tem significado para a paiN?

Ayel: Não podemos menosprezar nenhum tipo de campeonato, não importa o que ele valha, onde seja, como seja sua estrutura ou qualquer coisa. Vamos sempre jogar nosso máximo, porque a paiN tem espírito competitivo, então sempre vamos dar nosso melhor. A Superliga é um campeonato excepcional para conseguirmos provar nossa consolidação como time e família. Estamos aproveitando muito bem o fim do ano e o campeonato para encaixar algumas peças. Sendo sincero, quando o esA entrou, não conseguimos nos entender muito bem, estávamos tendo dificuldade de encaixar, porque ele trouxe conhecimento do Flamengo, então foram muitas ideias ao mesmo tempo, além da mudança do patch. Então a Superliga está servindo para que o time prove a si mesmo que somos bons e que podemos ser um time, e amenizar as mágoas do passado, de termos caído ao Desafiante e não conseguir subir. É nossa hora de reascender.

A série da paiN contra INTZ pode ser considerada uma final antecipada?

Ayel: Eu não sei dizer se pode ser considerada uma final antecipada, porque também têm times fortes no outro grupo, como a Keyd, principalmente. O Santos e a ProGaming estão em um nível bem equiparado, então não tem como saber se foi uma final antecipada realmente com a INTZ, porque todos os times estão em um nível muito alto também. Acho complicado usar esse termo, já.

Você acredita que o grupo A esteja mais fraco que o B?

Ayel: Com certeza. No Grupo A tem um time que não tem nenhum tipo de experiência no tier 1 ou no tier 2, a Bulldozer, e tem times que não foram muito bem no CBLOL e no Tier 3, como o Santos, que não conseguiu subir pro tier 2, e a ProGaming, que não foi muito bem no CBLOL. A Falkol também tinha muita expectativa, mas não atenderam a ela, eles jogaram abaixo do nível. O Grupo A é sim muito mais fraco que o nosso, que tem times como a INTZ, que mesmo não indo bem no CBLOL são um time muito forte e consolidado. Na hora do “vamos ver” vão e fazem… até agora só fizeram no Relegation, mas eles são capazes sim de subir em um top 1 ou top 3 de times. O nosso grupo também tem a Team One, que muita gente botou muita expectativa, mas infelizmente o time parece não ter encaixado muito bem com a reformulação deles. Também temos a OPK, que está sempre no Circuitão e no nível do torneio, sem subir ou cair, mas não são um time fácil de ser vencido, eles tem muitas características chatas de vencer.

Com base nisso, quem você prefere enfrentar nas semifinais da Superliga? E quem você acredita que consiga passar

Ayel: Sinceramente, eu preferiria enfrentar o Santos ou a ProGaming. Acredito que sejam os times mais tranquilos de enfrentar nas semifinais. E eu queria uma final eletrizante contra um time que fosse considerado muito bom, como a Keyd ou a INTZ. Não tem como dizer muito bem quem passará do Grupo A, está entre o Santos e a ProGaming. Eu acredito que a ProGaming suba, porque o time deles é muito mais encaixado. Já o Santos tem jogos muito bons, mas tem jogos muito ruins também, então pra mim a ProGaming passa.

A paiN vem de uma campanha muito boa, estando invicta. Você acredita que a equipe seja a favorita ao título?

Ayel: Acredito sim, porque nenhum time da Superliga passou pela fase de grupos invicto. Obviamente somos o time favorito, mas não acho que isso faça diferença na semifinal e na final, porque a fase de grupos já acabou e o nosso foco a partir de agora são os playoffs.

Você tem algum recado para a torcida?

Ayel: Queria mandar um abraço e um obrigado a todos por terem torcido por nós e por terem acompanhado a gente até agora. Tamo junto!

Fonte: maisesports.com.br

Anúncios

Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Webmaster, analista, desenvolvedor e editor de artigos.

Leandro | レアンドロ・フェレイラ has 2449 posts and counting. See all posts by Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *