Finais da ESL Pro League de CS:GO começam nessa terça feira; Veja o Power Ranking Mais e Sports

Finais da ESL Pro League de CS:GO começam nessa terça-feira, veja o Power Ranking

Começa na manhã dessa terça-feira (4) as finais da ESL Pro League Season 8 de Counter Strike:Global Offensive. O evento acontecerá na cidade de Odense, na Dinamarca, entre os dias 4 e 9 de dezembro, e contará com 16 equipes disputando a premiação total de 750 mil dólares. O campeonato terá a participação de 3 equipes brasileiras, sendo elas o MIBR, a INTZ e a YNG Sharks, e terá os playoffs disputados na Sparrekassen Fyn Arena.

A competição será disputada em formato de eliminação dupla, onde as 16 equipes serão divididas em 2 grupos de 8, com as primeiras partidas de cada time sendo disputada em MD1, e todas as seguintes em MD3. Os três times mais bem colocados de cada grupo avançam para os playoffs, sendo que os primeiros de seus respectivos grupos já estarão automaticamente nas semifinais, enquanto os segundos e terceiros disputarão as quartas de final. A grande final, que acontece no domingo (09), sera disputada em uma MD5.

Grupo A

  • Astralis
  • BIG
  • Liquid
  • Hellraisers
  • Renegades
  • G2 Esports
  • INTZ
  • ViCi

Grupo B

  • MIBR
  • Natus Vincere
  • Ghost Gaming
  • North
  • NRG
  • mousesports
  • ORDER
  • YNG Sharks

Confira o Power Ranking das equipes participantes:

16 – ViCi Gaming

Line-up: zhoKiNg, Freeman, aumaN, advent e kaze

Se classificando para as finais da ESL Pro League através do qualificatório asiático, a ViCi Gaming chega a Dinamarca sendo o quinteto mias fraco da competição. A equipe chinesa recentemente conseguiu se classificar para o Minor da Asia, que será disputado em Katowice e dará 2 vagas para o IEM Katowice 2019 Major, e vem sendo cada vez mais destaque no seu cenário. Nunca tendo participado de nenhum grande evento, esse será o primeiro contato dessa line-up com as grandes equipes, e por isso não se pode esperar um grande desempenho dos chineses.

15- ORDER

Line-up: emagine, hatz, aliStair, INS e zeph

A equipe australiana da ORDER foi uma grande surpresa no qualificatório da Pro League da Oceania. A line-up atual da organização joga junta a somente 2 meses, e conseguiu se classificar para a Dinamarca vencendo a Grayhound Gaming por 3-1 na final do qualify. Além desse feito, o time acabou sendo vice tanto no qualificatório da WESG 2018 quanto no da PGL Grand Slam, começando a se sedimentar como um dos principais times do cenário australiano. Assim como a ViCi, esse será o primeiro contato desses jogadores com equipes Tier 1, e por isso não se pode esperar grandes coisas.

14 – YNG Sharks

Line-up: nak, exit, leo_drunky, jnt e RCF

Em sua segunda final de Pro League seguida, os brasileiros da YNG Sharks chegam a competição através do qualificatório sul-americano. A equipe que tem base na Europa, costuma voltar ao Brasil para jogar os qualificatórios por aqui, e geralmente consegue garantir muitas das vagas disponibilizadas pela região, como por exemplo as idas para a ESL Pro League Season 7 FinalsESL Pro League Season 8 Finals e o PLG Grand Slam. A equipe vem muito bem do período que passou em solo nacional, além de conseguir competir de igual para igual nos qualificatórios europeus que disputa, podendo ser uma boa surpresa no evento.

13- G2 Esports

Line-up: Shox, kennyS, bodyy, Lucky e JaCkz

A G2 Esports chega a Dinamarca como uma grande incógnita. Tendo passado por duas mudanças na line-up a apenas uma semana, a equipe chega ao evento através da sexta posição do qualificatório europeu, e não se espera muito do quinteto. Mesmo com as recentes trocas, o time ainda conta com jogadores muito experientes como o AWP Kenny “kennyS” Schrub e o Rifler/IGL Richard “shox” Papillon, e como ainda não se sabe muito sobre o novo estilo de jogo que será colocado em prática, os franceses podem acabar surpreendendo.

12- Hellraisers

Line-up: ANGE1, DeadFox, woxic, ISSA e Hobbit

Sendo outra equipe que trocou uma peça em sua line-up recentemente, a HellRaisers é mais um time que tenta surpreender nesse torneio. Após diversos resultados ruins depois de terem conseguido o status de Legends no FACEIT Major: London 2018, o quinteto decidiu retirar o ucraniano Vlаdуslаv “bondik” Nеchуроrchuk e adicionar o cazaque Abay “Hobbit” Khasenov, buscando mais poder de fogo para ajudar as estrelas woxic e ISSA. Desde a troca, o mix participou de  somente um torneio, a SuperNova Malta 2018, onde conseguiu chegar aos playoffs e terminar na quarta colocação, dando uma pequena amostra do que pode se esperar da equipe na Dinamarca.

11- INTZ

Line-up: felps, Chelo, kNgV, horvy e xand

Chegando a Dinamarca após conseguir a última vaga do qualificatório norte-americano, os brasileiros da INTZ chegam a Odense tentando deixar sua marca. O quinteto atua junto a pouco mais de 2 meses, e conta com jogadores muito experientes no cenário internacional, como o João “felps” Vasconcellos, que ganhou diversos troféus pela SK Gaming e o AWP Vito “kNgV” Giuseppe, ex-jogador da Immortals que foi vice campeã no PGL Major Krakow 2017. Tendo bons resultados nos qualifys que participou no NA, pode-se esperar um time bem competitivo para as finais da ESL Pro League, que tentará buscar mostrar ao mundo que também pode competir de igual para igual com os grandes times.

10- Ghost Gaming

Line-up: Wardell, Subroza, steel, koosta e neptune

Os norte-americanos da Ghost Gaming surpreenderam a todos no qualificatório norte-americano da ESL Pro League, conseguindo ficar na segunda colocação. Tendo integrantes no quinteto que já foram acusados de utilizar algum tipo de auxilio nas partidas online, como Subroza e Wardell, a Ghost vem mostrando que também sabe jogar na LAN, tendo recentemente chegado nas semifinais da DreamHack Open Atlanta e da ZOTAC Cup. Sendo cada vez mais frequente sua aparição em grandes eventos como a ESL One Belo Horizonte e a DreamHack Masters Stockholm, os canadenses tentarão novamente ir longe no torneio.

9- Renegades

Line-up: AZR, jks, jkaem, liazz e Gratisfaction

O segundo semestre de 2018 da Renegeades era uma grande dúvida após as saídas dos estadunidense Nifty e do australiano USTILO, mas os resultados das trocas foram surpreendentes de forma positiva. Entrando no meio do ano sem saber como as coisas seriam, a equipe agora reformulado conseguiu rapidamente encaixar seu novo estilo de jogo, e passou a ir muito bem nos qualificatórios online tanto da ECS como da ESL pro League, se classificando para as finais presencias de ambos. Agora já bem mais estabilizada e sendo presença constante nos grandes eventos, a Renegades chega a Dinamarca para buscar uma possível vaga nos playoffs.

8- BIG

Line-up: smooya, gob b, tabsen, nex e tiziaN

A BIG é uma equipe que passa por altos e baixos em 2018. Tendo conseguido adquirir o status de Legends no FACEIT Major: London 2018 e chegado em segundo lugar na ESL One Cologne 2018, de forma seguida, esperava-se que os alemães passassem a ser figura frequente no minimo dos playoffs dos grandes eventos, mas não foi o que aconteceu, e a BIG não conseguiu embalar. O time chega na Dinamarca tentando levantar seu primeiro troféu do ano, e certamente brigará por uma vaga nos playoffs do torneio.

7- North

Line-up: aizy, valde, Kjaerbye, cadiaN e gade

Aproximadamente 2 meses após após a troca da line-up dinamarquesa, a North chega a sua terra natal buscando emplacar seu segundo título de importância em 2018. Tendo um começo turbulento após a entrada do in game leader cadiaN e do rifler gade a equipe, não conseguindo ir longe na StarSeries Season 6 e na IEM Chicago, a North mostrou uma boa evolução na ECS Season 6 Finals, onde chegou nas semifinais do torneio apresentando um bom desempenho. Jogando em casa, os dinamarqueses tentarão dar um show na frente da sua torcida, e brigarão pelo título em Odense.

6- mousesports

Line-up: chrisJ, SuNny, oskar, STYKO e ropz

A mousesports vem tendo um segundo semestre de 2018 bem conturbado, e chega a Dinamarca tentando afastar a má fase. Desde que a organização alemã decidiu recolocar o eslovaco STYKO na line-up principal, o quinteto não vem tendo os resultados que esperavam, não conseguindo se classificar para os playoffs da StarSeries Season 6 e da ECS Season 6 Finals, além de não ter passado das quartas de final da IEM Chicago 2018. Mesmo com o retrospecto recente não ser tão favorável, a mousesports conta com ótimos jogadores em ropz, SuNny e chrisJ, e vai com certeza disputar uma vaga nos playoffs.

5- NRG

Line-up: FugLy, daps, Brehze, CeRq e nathe

Comandados pelo búlgaro CeRq, a ascensão da NRG em 2018 é surpreendente. Começando o ano na posição 27 do ranking da HLTV, hoje a equipe está na 6 colocação, conseguindo virar personagem frequente nos grandes eventos. Tendo chegado no Top 4 de eventos como a ECS Season 5 Finals, ESL One New York 2018 StarSeries Season 6, além de terem sido campeão da IEM Shangai 2018 e do cs_Summit 3, a NRG chega a Dinamarca com o objetivo de levantar o troféu da Pro League, tarefa que não será fácil.

4- MIBR

Line-up: FalleN, coldzera, fer, Stewie2K e tarik

O MIBR chega a Odense com ótimas recordações do passado, afinal foi nesse mesmo palco que os brasileiros levantaram o troféu da ESL Pro League Season 6 Finals, o último campeonato que a lendária line-up da SK Gaming venceu. O Made in Brasil terminou o qualificatório norte-americano na primeira colocação, mas ainda é um time bem inconsistente, tendo recentemente chegado em segundo lugar na ECS Season 6 Finals, onde perdeu para a Astralis, porém antes disso foi muito mal em eventos como a IEM Chiago 2018 e a BLAST Pro Series Copenhagen 2018, colocando em dúvida qual MIBR veremos na Dinamarca. Mesmo com todos os problemas do quinteto, a equipe é uma das favoritas ao título.

3- Team Liquid

Line-up: TACO, nitr0, Twistzz, EliGE e NAF

Conhecida por ser a equipe que nunca consegue vencer uma final, a Team Liquid está na Dinamarca para provar o contrário. Já foram 6 vices esse ano, sendo 5 em torneios de categoria premier, onde 4 deles foram contra a Astralis, principal carrasco dos norte-americanos. Mesmo com a fama de vice, a Liquid vai para as finais da Pro League com uma taça na mala, tendo vencido nesse último final de semana a NRG pela final da SuperNova Malta 2018, chegando em Odense com moral, sendo uma das grandes favoritas ao título.

2- Natus Vincere

Line-up: s1mple, electronic, flamie, Edward e Zeus

O 2018 da Natus Vincere tem sido excelente, com o mix de ucranianos e russos conseguindo vencer diversos troféus importantes. Tendo conquistado a ESL One Cologne 2018, a StarSeries Season 5 e a BLAST Pro Series Copenhagen 2018, a NaVi chega com força para tentar chegar no topo de mais um campeonato. Comandados pelo atual melhor do mundo, s1mple, o quinteto ficou em segundo no qualificatório europeu, e tem tudo para brigar pelo título em Odense.

1- Astralis

Line-up: dev1ce, dupreeh, gla1ve, Magisk e xyp9x

Sem nenhuma surpresa, a Astralis, melhor equipe do mundo, é a grande favorita para levantar mais um troféu em 2018. Já tendo conquistado 8 taças importantes nesse ano, incluindo o FACEIT Major: London 2018 e a última edição da ESL Pro League Finals, a da Season 7 que ocorreu em Dallas, os dinamarqueses ainda contarão com a força da torcida a seu favor. A Astralis ainda entrará no servidor com duas motivações a mais, sendo a primeira delas a possibilidade de quebrar o recorde de mais eventos vencidos em um só ano, que atualmente pertencente tanto a ela (8 em 2018), quanto a SK Gaming (8 em 2017), e a segunda sendo a chance de vencer o Intel Grand Slam, e faturar mais um milhão de dólares extra de premiação.

Confira a primeira rodada de jogos da ESL Pro League Finals Season 8, que tem inicio nessa terça-feira (04) e terá uma premiação de 750 mil dólares:

Astralis X ViCi Gaming (09:00H)Renegades X HellRaisers (09:00H)

Team Liquid X G2 Esports (10:15H)INTZ X BIG (10:15H)

MIBR X YNG Sharks (11:30H)NRG X North (11:30H)

Ghost Gaming X mousesports (12:45H)Natus Vincere X ORDER (12:45H)

Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Webmaster, analista, desenvolvedor e editor de artigos.

Leandro | レアンドロ・フェレイラ has 2998 posts and counting. See all posts by Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *