Dia do Idoso

Fonte – créditos: guiacanaljapao.com

Dia do Idoso

Keiro no Hi (敬老の日) – Dia do Respeito aos Idosos.
É um feriado nacional do Japão, a data tem como objetivo lembrar aos mais jovens a importância de respeitar e cuidar dos mais velhos. Esse feriado é comemorado no Japão desde 1966 e desde 2003 ocorre sempre na terceira segunda-feira de setembro.

O Japão tem o maior número de pessoas com mais de cem anos no mundo. Uma em cada quatro pessoas no Japão tem 65 anos de idade ou mais. É o país onde se concentra o maior número de idosos no Mundo e, portanto, essa data é muito significativa e de extrema importância para o povo japonês. No Japão, a expectativa de vida é em torno de 85 anos de idade para as mulheres e 78 anos de idade para os homens. É uma média considerada alta pelos padrões mundiais.

O primeiro dia do Idoso

O primeiro dia do Idoso (Keiro no Hi), conhecido como Toshiyori no Hi (Dia dos Mais Velhos) foi celebrado no dia 15 de setembro de 1947 na aldeia de Nomadani (mais tarde Yachiyo-cho , atualmente Taka-cho) da capital de Hyogo. O evento foi um sucesso tão grande que o governo local decidiu comemorá-lo todos os anos e com o passar do tempo, a sua popularidade alastrou-se para cidades vizinhas que começaram a ter os seus próprios Toshiyori no Hi.

Duas décadas depois do seu aparecimento, em 1966, o governo do Japão liderado pelo Primeiro-Ministro Eisaku Sato, frente à enorme popularidade e importância da festa, declara o Keiro no Hi como um feriado oficial de comemoração onde famílias por todo o Japão expressam o respeito que têm pelos seus cidadãos mais idosos, sejam eles família, amigos ou conhecidos em geral. Em 2003 o feriado foi transportado para a terceira segunda-feira de setembro, criando assim fins-de-semana prolongados que permitam aos cidadãos deslocarem-se até às suas famílias para celebrar.

Celebração

Para agradecer aos idosos vários eventos acontecem em todo o país. Crianças do jardim de infância ou, às vezes, crianças do ensino fundamental preparam um espetáculo e dão presentes aos avós, enquanto alguns municípios lhes oferecem uma refeição ou organizam uma cerimônia em sua homenagem. As estações de televisão dirigem programas dedicados aos idosos, como relatos e entrevistas com centenários, e revelam as estatísticas mais recentes sobre o envelhecimento da população. E a partir de 1963, o governo japonês começou a dar uma taça de prata comemorativa aos japoneses que atingem a idade de 100 anos, mas com números aumentando, o governo decidiu reduzir o tamanho da taça para cortar custos em 2009. Em 2014, 29.357 receberam uma taça. O aumento de custo disso levou o governo a considerar fazer as taças de um material diferente ou simplesmente enviar uma carta.

População de idosos

O número de pessoas com mais de 65 anos chegou ao recorde de 35,14 milhões, compondo a máxima de 27,3% da população total do país, segundo pesquisa divulgada pelo governo.

Outro número impressionante do Japão é o relativo à população de centenários, que aumentou pelo 46º ano consecutivo no Japão e bateu novo recorde, ultrapassando a incrível marca de 65 mil cidadãos com idade a partir dos 100 anos.

In this article

Join the Conversation

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.