Morrem pelo menos 48 imigrantes na costa da Tunísia – AFP

A cidade de túnis, 3 Jun 2018 (AFP) – Ao menos 48 migrantes morreram e outros 68 puderam ser resgatados em frente à costa do sul da Tunísia, informou neste domingo o ministério da Defesa no balanço ainda provisório.Este balanço foi publicado às 19: 00 horas locais (15: 00 horário de Brasília), após o fim das operações de resgate, que deverão ser tomadas na manhã de segunda-feira, de acordo com o coronel Mohamed Salah Sagaama, comandante da base naval de Sfax.

Na madrugada deste domingo, uma embarcação com imigrantes a bordo foi detectada quando se encontrava “a ponto de afundar”, na costa de Sfax, havia informado mais cedo, o ministério do Interior. Não foi informada a identidade de pessoas mortas.

Entre os sobreviventes há 60 tunisianos e sete cidadãos da Costa do Marfim, Mali, Marrocos, Camarões, acrescentou o porta-voz.”Éramos cerca de 180 pessoas a bordo da embarcação que media cerca de 9 metros e onde não cabiam mais de 70 pessoas”, disse um sobrevivente da rádio tunisiana Mosaico FM. A água entrava no navio, os migrantes pulou na água e alguns se afogaram, informou.

O ministério havia informado sobre um pedido de socorro, em 2 de junho, às 22H45 (hora local) (21H45 GMT), de um barco de pesca que estava a ponto de naufragar na costa de Kerkenna, com migrantes a bordo”.

Anúncios

Leandro Ferreira | Connection Japan ®

Webmaster, programador, desenvolvedor e editor de artigos.

Deixe um comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.