Abe e Guterres, chefe da ONU, concorda em manter as sanções da Coréia do Norte.

Fonte: Kyodo News

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, concordaram na quarta-feira em continuar aplicando as sanções do Conselho de Segurança da ONU na esperança de alcançar a meta de uma Coréia do Norte desnuclearizada.

Guterres está visitando o Japão para participar da cerimônia de quinta-feira marcando o 73º aniversário do bombardeio atômico dos EUA em Nagasaki como o primeiro chefe da ONU a fazê-lo. Abe saudou a participação de Guterres no serviço anual.

Em uma entrevista coletiva após a reunião em seu escritório, Abe disse: “Reconhecemos que é necessário que a comunidade internacional mantenha a implementação total das sanções baseadas nas resoluções do Conselho de Segurança (ONU) para extrair ações concretas da Coréia do Norte”.

As tensões na península coreana diminuíram um pouco desde que o líder do Norte Kim Jong Un declarou seu compromisso com a desnuclearização em uma reunião com o presidente dos EUA, Donald Trump, em uma cúpula histórica em Cingapura em junho.

Mas as negociações entre os países fizeram pouco progresso com Pyongyang, ainda que tenham dado passos concretos. Um relatório recente de especialistas da ONU disse que a Coréia do Norte continua com seus programas nucleares, violando as proibições da ONU.

Para ler mais clique aqui.

Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Webmaster, analista, desenvolvedor e editor de artigos.

Leandro | レアンドロ・フェレイラ has 2146 posts and counting. See all posts by Leandro | レアンドロ・フェレイラ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *