Placa que mostra altura de 15 metros do tsunami de 2011 muda de local

Fonte – créditos:  Mainichi

Imagem de 12 de março de 2011 da placa em meio aos detritos após o tsunami (Mainichi).

A placa teve que ser removida devido à transferência do posto de gasolina, a fim de abrir caminho para a construção de uma estrada elevada para a rota nacional 45.

Uma placa de posto de gasolina na cidade de Rikuzentakata (Iwate) sobrevivente do tsunami de março de 2011 e que mostra a altura de 15,1 metros das ondas, foi removida em 31 de julho e estava sendo transferida para um novo local.

Inicialmente, a mudança da placa pareceu difícil devido aos regulamentos, mas o governo municipal a considerou uma exceção, visto que ela serviu como um “lembrete público para levar em frente as memórias do tsunami” e “não é uma placa comum de propaganda”.

A placa para o posto de gasolina “Okamoto Self Rikuzentakata” está posicionada a uma altura de 15 metros, localizada a uma distância de apenas 500 metros da costa.

Após o posto ter sido reaberto em 2012, uma marca foi adicionada à placa, a 15,1 metros, para mostrar a altura do tsunami.

Há muito tempo a placa passou a mensagem de transmitir os perigos do tsunami juntamente com o “pinheiro dos milagres” na mesma cidade que também sobreviveu ao tsunami, mas morreu posteriormente.

Contudo, a placa teve que ser removida devido à transferência do posto de gasolina, a fim de abrir caminho para a construção de uma estrada elevada para a rota nacional 45.

O novo posto será inaugurado em 10 de agosto, a cerca de dois quilômetros de sua localização original.

Três homens começaram o trabalho para remover a placa, usando um guindaste, por volta das 9h de 31 de julho.

“Fiquei triste porque a placa era como um amigo que ficava com a gente”, disse Sadao Kumagai, funcionário de 70 anos de idade que trabalhou no posto desde 2012, quando foi reaberto.

“Estamos gratos pelo fato da parte principal da placa, que sobreviveu ao tsunami, possa ser preservada”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.