Fonte – créditos: CBC TV e Chunichi

Exatamente às 13h54 o Observatório de Meteorologia de Nagoia (Aichi) registrou 40,2ºC, na sexta-feira (3). Os dados são colhidos desde 1890 e é primeira vez que se tem esse registro na história da cidade.

Conseguiu ultrapassar a temperatura de Tajimi (Gifu), considerada a cidade mais quente do país. Lá a temperatura máxima chegou a 39,9ºC, não muito diferente de Nagoia.

Em Kuwana (Mie) o termômetro marcou 39,8ºC. Essas temperaturas mostram o quanto o Efeito Foehn tem sido impactante nas 3 províncias da região Tokai.

“Segundo a Agência de Meteorologia do Japão-AMJ nos 11 pontos do país onde se registraram temperaturas elevadas 9 são de Tokai.”

A AMJ recomenda redobrar os cuidados hidratando o corpo mesmo não sentindo sede. Também se deve buscar locais mais frescos para se proteger.

Anúncios

Leandro Ferreira | Connection Japan ®

Webmaster, programador, desenvolvedor e editor de artigos.

Deixe um comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.