Após o UFC 225, o futuro de ‘CM Punk’ no mundo das lutas, principalmente no MMA, é incerto ( Foto : Cortesia Kamil Krzaczynsky, USA TODAY Sports - Associated Press ).

Com duas lutas e duas derrotas no UFC ‘CM Punk’ não quer voltar para o Telecatch

Com duas lutas e duas derrotas no UFC ‘CM Punk’ não quer voltar para o Telecatch
Rate this post
Após o UFC 225, o futuro de ‘CM Punk’ no mundo das lutas, principalmente no MMA, é incerto ( Foto : Cortesia Kamil Krzaczynsky, USA TODAY Sports – Associated Press ).

Philip Jack Brooks – nome verdadeiro de ‘CM Punk’ – voltou a perder no UFC, desta feita para Mike Jackson, na madrugada do último domingo.
A luta abriu o card principal do UFC 225 que aconteceu no United Center, em Chicago, e foi ( para alguns ), mais uma prova que o MMA não é a praia de Phil Brooks.

Não custa lembrar que o o lutador, outrora campeão da WWE ( maior liga de Telecatch do mundo ), havia sido bastante elogiado por Dana White, dois dias antes de sua luta.

O mandatário do UFC havia rasgado elogios ao ex-lutador de pro-wrestling, creditando o desempenho ruim de ‘CM Punk’ ao nervosismo, segundo ele, natural em uma estreia no MMA.
O presidente afirmou que apesar do ex-astro da WWE já ter pisado em ringues de grandes eventos, uma estreia no UFC é sempre algo diferente.

Após o confronto Dana direcionou a sua artilharia ao adversário de ‘Punk’, o também jornalista Mike Jackson, que fazia a sua segunda luta profissional no octógono do UFC.
O lutador acabou sendo demitido na coletiva de imprensa dada após a luta. Dana disse aos jornalistas que Mike é tão ruim que nem no Contender Series ele seria escalado para lutar novamente.

O jornalista Jackson, que trabalhou na cobertura do UFC anteriormente, havia feito apenas uma luta amadora no Lonestar Beatdown 12, no Texas, antes de ser contratado como lutador pelo Ultimate.

Curiosamente, ambos – ‘Punk’ e Jackson – perderam para o mesmo adversário no UFC e da mesma maneira: finalizados no 1º round para o americano Mickey Gall.

Por outro lado, o Presidente do UFC elogiou novamente a dureza de ‘CM Punk’, apesar da derrota, mas também pediu a aposentadoria prematura do atleta, deixando claro que não pensa em dar ao lutador mais uma chance de se apresentar no UFC.

Por tudo isso, o futuro de ‘CM Punk’ é incerto.
O lutador não comentou ainda se irá continuar no MMA e ele ainda enfrenta problemas com a WWE.

Em uma entrevista com o atleta concedida à ESPN de Chicago, ‘CM Punk’ teria dito que a WWE havia enviado mais gente atrás dele ( advogados e procuradores ) devido ao seu processo em andamento contra o Dr. Chris Amann, chefe da área médica da empresa.
O “ex-WWE Champion” disse que a WWE não estava feliz com ele após o mesmo ter insultado a empresa.



Contudo, há alguns boatos dando conta que a WWE queria que ‘Punk’ voltasse à empresa, se espalhando pela internet.
Isso aconteceu devido à má interpretações de informações que o jornalista Dave Meltzer soltou há algumas edições atrás do WON.
Meltzer havia dito que Vince McMahon ( Presidente do Conselho de Administração e diretor executivo da WWE ) talvez recebesse ‘CM Punk’ tranquilamente, mas ‘Triple H’ ( diretor de operações da WWE ) não o faria .
A raiva de ‘Triple H’ se deve a forma como o lutador saiu da empresa.
Então podemos concluir que a situação entre ‘Punk’ e a empresa não melhorou em nada desde a saída do lutador da companhia.

Ainda na entrevista à ESPN ‘CM Punk’ declarou que “está cansado do pro-wrestling”.

Posteriormente, ‘Punk’ ainda acrescentou em outra entrevista – desta feita para a TSN – que ele não havia recebido nenhuma proposta para voltar aos ringues do pro-wrestling.

A declaração vai de encontro aos comentários de sua esposa, AJ Lee, que durante a turnê de seu livro “Crazy is my Superpower” chegou à afirmar que “sentia muitas saudades de lutar no pro-wrestling, mas que seu marido não sentia tanta saudade assim”.

Fonte / Créditos : Colaborador Oriosvaldo Costa

‘CM Punk’ nos “bons tempos” com ‘Triple H’. O “ex-WWE Champion” sempre foi sinônimo de boas vendas no pay-per-view norte-americano ( Foto : Cortesia wrestling.pt Media ).

Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ

Oriosvaldo Costa “Mr. Kung Fu”. O primeiro muçulmano lutador de MMA do Brasil. 7 lutas : 3 vitórias, 3 derrotas, 1 No Contest.

Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ has 111 posts and counting. See all posts by Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *