O ‘poster’ oficial de divulgação do 1° Campeonato Nordeste de Stick Fighting que acontecerá no próximo dia 19 de agosto no 23° batalhão de Caçadores em Fortaleza-CE ( Cortesia : Divulgação ).

Vem aí o 1° Campeonato Nordeste de Stick Fighting

O ‘poster’ oficial de divulgação do 1° Campeonato Nordeste de Stick Fighting que acontecerá no próximo dia 19 de agosto no 23° batalhão de Caçadores em Fortaleza-CE ( Cortesia : Divulgação ).

As artes marciais Filipinas, ou FMA ( na sigla em inglês para Filipino Martial Arts ), englobam uma grande quantidade de técnicas de combate desenvolvidas pelos diversos povos e sociedades que habitaram, e que ainda habitam as Ilhas Filipinas, e que chegaram de maneira tradicional até os dias atuais.
Em seu país natal, as FMA são mais comumente chamadas de arnis, kali, escrima, entre diversas outras variações, dependendo da escola que a adota.

A idéia do uso de armas e ferramentas, como acontece nos estilos de artes marciais Filipinas encantam os praticantes com a sua beleza e letalidade e proporcionou até mesmo o surgimento de competições como o “Stick Fighting” que simula as situações mais próximas da realidade que um artista marcial pode vivenciar.

No “Stick Fighting” todas as possibilidades envolvidas em um confronto real tais como socos, chutes, projeções e finalizações no solo são válidas, além do uso de armas próprias e peculiares aos estilos de artes marciais Filipinas.

Uma vertente dos eventos onde ocorrem estes combates são chamados de “Gatherings Of The Pack” e foram iniciados no final dos anos 80 e início dos anos 90.
Um outro destes shows produzidos atualmente é o BTCOOC ( Beat The Crap Out Of Câncer ). É realizado em San Fernando, USA, e como o nome sugere é um evento beneficente contra o câncer.

Os combates são realizados com bastões de Rattan e o mínimo de proteção é utilizado. Não há regras, não há troféus, não há juízes: a única exigência é que os competidores continuem amigos ao final do dia.

Nesse contexto, gostaríamos de destacar o Clã dos Dog Brothers, criadores do “Gatherings Of The Pack” e também do Kali Vale Tudo ou “Real Contact Stick Fighting”, uma vertente do Kali Filipino.

Inclusive, nas primeiras edições do UFC, ainda na metade dos anos 90, houve um convite para os Dog Brothers apresentarem um combate nas preliminares, mas os organizadores voltaram atrás por acharem as lutas “extremas” demais.

Os três fundadores do Clã dos Dog Brothers são Arlan “Salty Dog” Sanford ( responsável pelo Clã de Santa Fé ), Marc “Crafty Dog” Denny e Top Dog ( responsáveis pelo Clã de Hermosa Beach ), todos na Califórnia.

Outro nome que se destaca em competições do gênero ( com facas e bastões ) é Alberto Cerra Leon ( O primeiro europeu a ganhar o Campeonato Mundial de Pentjak Silat – ou ‘Pencak Silat‘ – em Jacarta, Indonésia ), embora o uso de protetores tenha sido abolido naquele país asiático.
Enquanto seja uma arte marcial oriunda da Maláisa, o ‘Pencak Silat‘ é bastante popular na Indonésia e atualmente as competições fazem parte dos Jogos do Sudeste Asiático.*( P.S.: Ver nota )
Quanto à Alberto Cerra Leon, este chegou a competir no UFC 2 ( sem armas, é claro ) onde amargou uma derrota para o judoca holandês Remco Pardoel, nos idos de 1994.

Agora, os campeonatos do gênero “Gatherings Of The Pack” chegam ao Brasil, após serem realizados em vários países pelo mundo com muito sucesso e ordem.
A diferença é que o nosso país receberá uma versão amadora da modalidade, e não no ‘formato Dog’ , uma vez que os praticantes brasileiros ainda não possuem a maturidade suficiente em artes marciais Filipinas.
Para se ter uma idéia, leva-se ao menos cinco anos de prática intensiva para se tornar um Guru ( professor ) na arte .

Assim sendo, o Guru Edmarcio Rodrigues estará promovendo o 1° Campeonato Nordeste de Stick Fighting, no dia 19 de agosto.
O evento terá lugar no 23° batalhão de Caçadores ( Avenida Treze de Maio, 1589 – Fatima ), em Fortaleza-CE.

Guru Edmárcio ( introdutor do Kali em Fortaleza e em muitas outras cidades do Nordeste ) é ainda Sifu em Jeet Kune Do ( um neo-sistema de arte marcial de combate, desenvolvido pelo popular ator e artista marcial Bruce Lee ). Ele também é responsável pelo ‘Jeet Kune Do & Kali Aplicado – Contemporary Mixed Martial Arts’ e nos explica o intuito da competição que estará promovendo:



“O evento vai servir para os praticantes de Kali e também para os adeptos de outras artes marciais que envolvem algum tipo de arma, poderem testar seus instintos, sua percepção e suas habilidades. Este campeonato servirá para as escolas interagirem e também vai ser um teste mental, físico e emocional, além de mostrar o que funciona ou não nas artes com armas. Poderão participar praticantes de Fortaleza e de todo o Nordeste.”

Ele também é enfático quanto ao rumo que as artes marciais Filipinas vem tomando : “Muitas pessoas treinam Kali e acham que é apenas balançar bastão como vemos bastante por ai, mas a arte é séria demais e trata-se de arte de guerra que envolve mãos nuas e armas, condiciona o cérebro e ativa instintos neurais e cerebrais.
Povos e civilizações antigas sempre tiveram lutas e confrontos com bastões e outras armas, queremos fazer crescer as artes Filipinas de combate na cidade.”

Diferentemente das competições realizadas lá fora, o 1° Campeonato Nordeste de Stick Fighting não utilizará os Bastões de Ratan, pois será um torneio disputado no formato amador, como dito anteriormente.
Mas a ideia futura é organizar um outro evento posteriormente, com armas de verdade ( de Vime e Ratan ).

As primeiras modalidades disputadas nesse evento inaugural serão o Stick Fighting ( luta com bastões ), Knife Fighting ( luta com facas ) e Kali Tudo ( luta com armas que envolve socos, chutes, quedas e submissão ).

“Não haverá categorias de peso nem divisões por graduações para as lutas com facas e bastões.
Haverá categorias de peso apenas para a modalidade Kali Tudo.
Todos os bastões são acolchoados, serão usados protetores de mãos e cabeça. Haverá um juiz central e juízes de mesa para marcar as pontuações.
As lutas serão ganhas por quem marcar mais pontos livres ou quem desarmar o oponente.
Para as facas, quem marcar mais cortes de um total de 8 pontos ganhará.
Já para o Kali Tudo as formas de vencer são maiores, pode-se vencer por nocaute, por cortes de bastões, por submissão ou por desistência. Será bem envolvente.” Nos explica o Guru Edmárcio Rodrigues.

As inscrições serão feitas de duas formas :
Foi estipulado um valor de R$ 70 ( Setenta Reais ) para cada uma das modalidades, sejam o Stick Fighting ou o Knife Fighting.
Já para participar do Kali Tudo será cobrada uma taxa de R$ 80 ( Oitenta Reais ) e quem se inscrever em duas modalidades terá um desconto.

Serão distribuídas premiações para os primeiros colocados, e todos os competidores receberão um certificado de participação do evento.

“Aproveito ainda para convidar os praticantes de artes marciais para participarem e tornaram-se pioneiros em competições desse tipo aqui no Brasil. O evento fará história e será um divisor de águas.” Encerra o Guru Edmarcio Rodrigues.

Fonte / Créditos : Colaborador Oriosvaldo Costa

Nota .: Segundo alguns historiadores, Kali é uma arte marcial originária das ilhas Filipinas. Já o Silat, assim como o Pencak ( que eram lutas antigas e se juntaram no Pencak Silat ), seria uma luta da Indonèsia.
Ainda segundo esses historiadores, elas ( as lutas das Filipinas e da Indonésia ) são modalidades análogas, são lutas muito próximas.

Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ

Oriosvaldo Costa “Mr. Kung Fu”. O primeiro muçulmano lutador de MMA do Brasil. 7 lutas : 3 vitórias, 3 derrotas, 1 No Contest.

Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ has 98 posts and counting. See all posts by Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *