Relembre o evento que marcou a 1ª luta profissional de MMA entre mulheres em Hong Kong

Após anos tendo apenas o RUFF ( Runik Ultimate Fighting Federation ) e o Legend como promoções locais e principais vitrines para o lançamento de futuros talentos, os lutadores Chineses de MMA começaram a ampliar o seu leque de opções à partir de 2015.

Desde então, surgiram novos eventos que se fizeram notar na China e os primeiros destes foram o Combate Feng Yun e o IMPI FC.

O Combate Feng Yun 1 teve lugar em Xangai, na China, e foi realizado em 28 de março de 2015, bem antes do One FC realizar uma edição no país naquele ano ( promovido no dia 02 de Maio e suas lutas foram realizadas especificamente na cidade histórica de Xi’an ).

A nova promoção Combate Feng Yun 1 tinha como objetivo realizar eventos em um ‘Cage’ com um alto padrão de arbitragem, a fim de elevar o nível chinês de MMA. Posteriormente, eles também promoveram algumas lutas com regras similares às do K-1 incluídas em cada card.

Naquela primeira edição o destaque foi o lutador de Muay Thai Cheng Zhao que encarou o então estreante em MMA Wang Yayong.
O ‘card’ do CFY também contou com a participação do lutador da Mongólia Yibugele que é um especialista em Shuai Jiao. Ele teve pela frente o lutador Filipino e bem conhecido na China Ereneo “Tata” Galindez.
O faixa marrom de Jiu-Jitsu, Eliton Sarmento também esteve incluindo na competição.

Já no dia no dia 31 de Julho de 2015 foi realizado o IMPI Fighting Championship-World Séries II cujo ‘card’ contava com cinco lutas profissionais de MMA sancionadas pela HKCMMA ( Hong Kong Comission Mixed Martial Arts ).
O IMPI FC acabaria se tornando uma das principais promoções asiáticas de MMA com sede em Hong Kong.

O show inaugural da franquia foi um verdadeiro “prato cheio” para aqueles que esperavam um bom desempenho dos representantes das artes marciais chinesas dentro do ‘cage’, e independente de cada resultado, os lutadores provaram que algumas das técnicas de suas respectivas modalidades poderiam ser bem aplicadas em competições de MMA.



Uma das boas surpresas daquela etapa foi o Sifu de Wing Chun, Marc Guyon que lutou três rounds duríssimos com o faixa preta de Karatê Sean Stolarczyk.
Marc acabou perdendo apenas por decisão dos juízes na principal luta do Card.

Bernard Fung, um adepto do Jeet Kune Do ( um neo-sistema de arte marcial de combate, desenvolvido pelo popular ator e artista marcial Bruce Lee ) também caiu, mas já no segundo, diante do duro kickboxer Eamon Cramb.

O lutador do Paquistão ( e que lutou representando Hong Kong ) Nosherwan Khanzada venceu seu adversário Xiong Dixin, representante do Shuai Jiao ( Judô chinês ou Wrestling chinês, segundo alguns ) e do Wrestling da Mongólia ( também conhecido como Bökh ) .
Nosherwan conseguiu nocautear o seu adversário em apenas 14 segundos de luta.

Mas o lance mais atrativo da noite foi realmente o ‘co-main event’ que marcou a primeira luta profissional de MMA disputada entre mulheres em Hong Kong. A luta foi protagonizada por Kimberly Carder e Tricia Yap ( foto ).

“Sinto-me honrada por estar lutando hoje à noite. É muito gratificante estar lutando em um evento que promete ser tão incrível, o primeiro ‘card’ de lutas na ‘gaiola’ em Hong Kong”, declarou Kimberly ao site Coconuts, antes da luta.

“O organizador do evento, Vusi, é o homem que me deu a primeira oportunidade para lutar MMA há dois anos atrás e é ótimo ver até onde ele chegou promovendo o MMA na região. Esta noite é um ótimo começo para as coisas que estão por vir, foram anunciadas algumas lutas incríveis e com certeza será grande um espetáculo.” completou à época a atleta.

Na luta propriamente dita, Kimberly Carder e Tricia Yap proporcionaram três rounds de entretenimento de alto nível para o barulhento público que compareceu ao estádio Queen Elizabeth, em Wan Chai.
Após muita ação em pé e no chão, Kimberly, que teve um melhor controle de Cage acabou vencendo por decisão unânime.

Atualmente, Kimberly Carder mantêm uma parceria com o Women’s Five, um programa de treinamento voltado para as mulheres. Ela também espera se formar com um doutorado em psicologia clínica pela Alliant International University, em Maio deste ano.

Já Tricia Yap, nascida e criada na Austrália, mudou-se primeiro para Hong Kong para um trabalho corporativo, antes de lutar MMA. Assim como faz Kimberly nos dias de hoje ela também segue a sua paixão por fitness em uma carreira em tempo integral e tornou-se a co-fundadora da Warrior Academy.

Vuyisile Colossa, fundador e dono da franquia do IMPI Fighting Championships-World Series ainda promoveria algumas edições do seu show em Hong Kong e até mesmo em Johannesburgo, África do Sul, antes do retorno da promoção ao continente asiático.

Ao que consta, o último show do IMPI FC foi realizado em Abril de 2017, no Southom Stadium, em Hong Kong.

Relembre os resultados completos do IMPI FC 2, promovido nos idos de 2015 :

IMPI World Series – Ásia 2 
31 de julho de 2015
 
Estádio Rainha Elizabeth
 
Hong Kong

Resultados Oficiais Associação HKCMMA

# 1 WCMMA Boxe
Ben Wainwright venceu Ben Cooper por decisão dividida
# 2 WCMMA Muay Thai
Nathan Lieschke venceu Robert DeWitt por TKO, rd 2,1: 14
# 3 WCMMA Boxe
Neil Rivington venceu Tomoaki Katsuba por decisão unânime
# 4 WCMMA Muay Thai
Hicham Ben Ali venceu Andy Chang, por decisão unânime
# 5 MMA -52,2
Roberto Medalla venceu Henry Tong por decisão unânime
# 6 K-1 ( Kickboxing ) -70,3
Shinji Ichinose venceu Enoch Chan por decisão unânime
# 7 -83,9 MMA
Nosherwan Khanzada venceu Xiong Dixin por TKO, rd 1,: 14
# 8 -77,1 MMA
Eamon Cramb venceu Bernard Fung por TKO, rd 2,: 58
# 9 MMA Feminina -63
Kimberly Carder venceu Tricia Yap por decisão unânime
# 10 -61,2 MMA
Sean Stolarczyk venceu Marc Guyon por decisão unânime

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa

Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ

Oriosvaldo Costa “Mr. Kung Fu”. O primeiro muçulmano lutador de MMA do Brasil. 7 lutas : 3 vitórias, 3 derrotas, 1 No Contest.

Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ has 86 posts and counting. See all posts by Oriosvaldo Costa | オリオスバルドコスタ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *