Quadrinhos da semana: TMNT, SOUTHERN CROSS, and ETERNITY

Não há nada parecido com a sensação do papel em suas mãos enquanto você lê a última edição de Deadly Class or Punisher: The Platoon. A menos que você leia tudo digitalmente, neste caso em que não há nada como a sensação de seu iPad na sua mão enquanto você lê a ultima edição de Batman Beyond. Não nos importa como você lê seus quadrinhos, mas o importante é continuar com a leitura de quadrinhos. É por isso que escolhemos alguns títulos para você abaixo.

 

SOUTHERN CROSS #13


Image Comics

Escrito por: Becky Cloonan
Arte de: Andy Belanger
Cores de: Lee Loughridge

Becky Cloonan, Andy Belanger e Lee Loughridge estão certos em fazer que exista uma grande quantidade de estranhamento doentio em toda a SOUTHERN CROSS para realmente mexer com sua cabeça. Falando cabeças cortadas? Claro, Southern Cross tem isso. Mortes violentas nas mãos (e línguas) dos antigos amantes possuídos? Sim, tem disso também. A arte de Belanger é rica e detalhada, dando à ficção científica um sentimento vivido. Loughridge vai de azuis sinistrosos, azuis e cinzas para amarelos e laranjas surpreendentes e elétricos. Treze edições e Southern Cross continua a subverter nossas expectativas e nos mantem o suor gelado dos leitores.

 

ETERNITY #1


Valiant Comics

 

Escrito por: Matt Kindt
Arte por: Trevor Hairsine e Ryan Winn
Cenas de: David Baron

Enquanto os os quadrinhos da série Divinity trouxeram ao universo Valiant novos mundos e criaturas no espaço distante, Eternity dá outro grande passo para o grande desconhecido, incrementando mais a história sobre os eventos anteriores. Desta vez, os arquitetos Matt Kindt e Trevor Hairsine estão indo na época da era dos anos 60. A única coisa que falta em algumas dessas páginas transcendentes é um pouco de Kirby Krackle.

É muito cedo para realmente contar o que é a história, mas sabemos que isso envolve Divinity, um filho roubado, um deus assassinado e um grupo chamado Brothers of the Bomb. Tem muita coisa aconteçendo, coisas estranhas até e muita diversão. Há algo incrível sobre os quadrinhos de super-heróis que abrangem as galáxias e mantém suas apostas em nada menos que o universo inteiro (ou multiverso). Os quadrinhos estão sempre no seu auge quando alcançam as estrelas e é claro que Eternity está fazendo isso de ótima maneira.

 

TMNT #75


IDW Publishing

 

Escrito por: Kevin Eastman, Boddy Curnow e Tom Waltz
Arte por: Cory Smith, Mateus Santolouco, Chris Johnson e Damian Couceiro
Cores de: Ronda Pattison

Teenage Mutant Ninja Turtles tem sido impressionante há anos. Começaram excelentes e, mesmo quando o mundo cresceu e o elenco dos personagens se multiplicou, os livros mantiveram um nível consistente de qualidade. É bastante insano que a série principal é de 75 edições profundas e é ainda mais insano que essas 75 tenham sido bastante impressionantes.

Para comemorar este marco importante, a IDW nos deu uma mega conclusão de tamanho duplo para o enredo “Trail of Krang”. É uma parte com batalha espacial épica e outra com um drama de tribunal intenso e ainda possuis obras de arte radical de Cory Smith, Mateus Santolouco, Chris Johnson e Damian Couceiro.

Sim, é verdade, temos quatro artistas impressionantes nessa edição e, de alguma forma, a arte não é agitada ou confusa. Eles fluem perfeitamente juntos e há momentos em que você nem sequer notará que um artista saiu e outro entrou. As cores de Ronda Pattison merecem grandes adereços para essas transições sem costura, uma vez que ela é a cola que segura esse todo juntos. Teenage Mutant Ninja Turtles são uma das nossas histórias em quadrinhos favoritas agora e não podemos esperar para ler as próximas 75 edições.

Com informações de The Nerdist.

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 11 =

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios