O aplicativo que escaneia obras de arte e ajuda a saber mais sobre elas

Depois do Shazam, o aplicativo capaz de identificar qual música está tocando no ambiente, e do iNaturalist, que reconhece espécies silvestres com base em fotos, um novo app do gênero permite escanear obras de arte para obter contexto e informação sobre elas.

O Smartify é gratuito e pode ser usado em mais de 30 museus e galerias ao redor do mundo. Nenhuma instituição brasileira, até o momento, tem parceria com o aplicativo, mas as que desejam disponibilizar comentários sobre suas obras no app podem contatar a equipe pelo site.

Dar visibilidade a museus e galerias, promover uma experiência interativa e apoiar essas instituições são alguns dos propósitos declarados pela equipe do aplicativo.

Além de ler sobre a obra em questão, o usuário pode salvar seus favoritos em uma coleção particular. A seleção pode ser compartilhada com outras pessoas que utilizam o aplicativo e também permite que o usuário seja alertado sobre obras relacionadas às que ele salvou, potencialmente de seu interesse.

O Smartify não só colabora com instituições de arte – que geram conteúdo e sugerem novas ferramentas e melhorias no app – como se aliou à Fundação Wikimedia, organização sem fins lucrativos que sustenta a Wikipédia. A ideia é que a galeria de imagens reunidas na enciclopédia virtual ajudem a aprimorar a velocidade e a precisão da tecnologia de reconhecimento de imagens.

“Sabemos que o uso de celulares em museus ainda é controverso”, diz o site do aplicativo. “Então usamos as tecnologias mais recentes e design simples para criar uma experiência não intrusiva. Nossa ambição é remoldar o uso dos smartphones para fazer as pessoas se envolverem em vez de se distraírem, ajudando os museus a ter novos públicos e fontes de renda”.

Fonte: Nexo Jornal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.