Uma morte depois de fortes chuvas em Tohoku, Hokuriku

Partes do centro e do norte do Japão receberam fortes chuvas na sexta-feira que estavam ligadas à morte de uma pessoa na Prefeitura de Iwate, cujo carro foi aparentemente varrido por um rio inundado.

O corpo de Yuki Ikeda, um trabalhador da construção de 29 anos de Miyako, foi encontrado na cidade perto de seu carro. Acredita-se que quatro pessoas estiveram dentro, mas ninguém, exceto Ikeda, foi encontrado, disse a polícia local.

Partes da Iwate e da vizinha Akita receberam mais de 200 mm de chuva no período de 24 horas até a manhã de sexta-feira, informou a Agência Meteorológica.

O Rio Omono transbordou em Daisen, Prefeitura de Akita e autoridades locais emitiram ordens de evacuação para cerca de 370 domicílios. Mais de 10 casas, bem como um jardim de infância e uma escola primária, foram inundadas, disse o governo da Prefeitura de Akita.

East Japan Railway Co. (JR East) suspendeu os serviços de trem bala na prefeitura.

Na região de Hokuriku, partes de Toyama viram um aguaceiro que caiu cerca de 100 mm de chuva em apenas uma hora na manhã de sexta-feira, disse a agência.

Muitas chuvas também atingiram partes de Tohoku além de Akita e Iwate, bem como Hokkaido.

A Agência Meteorológica disse que a chuva generalizada atingiu quando o ar quente e úmido se aproximou do sul em direção a uma frente que se estendia ao longo do arquipélago japonês.

A chuva torrencial atingiu Tohoku no início da sexta-feira, levando a agência a emitir avisos para deslizamentos de terra e inundações e autoridades locais para emitir avisos de evacuação nas prefeituras de Iwate, Akita, Aomori e Yamagata.

A agência previu o máximo de 150 mm de chuva em Hokuriku, 100 mm em Tohoku e 60 mm em Hokkaido até sábado de manhã.

Ele também advertiu o público a estar atento a trovões e tornados.

Anúncios

Comente

Anúncios